AGRO & NEGÓCIO

Aprosoja-MT visita cooperativas indígenas em Campo Novo do Parecis

Publicados

em


Fortalecimento Institucional

Aprosoja-MT visita cooperativas indígenas em Campo Novo do Parecis

Eles apresentaram os trabalhos em diversas culturas em terras indígenas como Soja, milho e feijão

31/03/2022

O vice-presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Lucas Costa Beber, visitou o estande da Cooperativa indígena Coopihanama, na Parecis SuperAgro, em Campo Novo do Parecis.  Na ocasião os representantes apresentaram os trabalhos agropecuários em terra indígena.

“Todo povo que quer plantar, produzir prosperar e melhorar a qualidade de vida deve ter esse direito de escolha, sem interferência do estado ou de ideologias. Os povos indígenas querem produzir, obter  a renda, em harmonia com a natureza e a cultura indígena.” Enfatiza Costa Beber.

 Atualmente essa cooperativa planta soja, milho, milho pipoca e feijão em 17 mil hectares de terras destinada aos índios. Os trabalhos são feitos exclusivamente pelos indígenas das etnias, que se capacitam cada vez mais no ramo do agro.

O representante da cooperativa, Éder Júnior Zuneizokai, destacou o benefício do povo indígena plantar nas suas terras. “Foi uma luta de muitas décadas conquistar esse direito de plantar e colher nas nossas terras indígenas. Hoje a gente planta diversas culturas que nos ajuda bastante, tanto para cuidados com saúde, educação e cuidados básicos das nossas comunidades.” Friza Zuneizokai.

Estande

 A Aprosoja-MT está presente no Parecis Super Agro, em Campo novo do Parecis com um estande para receber os produtores e sociedade em geral. A próxima feira que a entidade vai estar é a Norte Show em Sinop.

Fonte: Augusto Camacho

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Propaganda

AGRO & NEGÓCIO

Petrobras anuncia nova redução no preço do diesel

Publicados

em

A Petrobras anunciou na quinta-feira (11.08) uma nova redução no preço do diesel comercializado às distribuidoras. Com isso, a partir desta sexta-feira (12), o litro do diesel vendido passa de R$ 5,41 para R$ 5,19, com redução de R$ 0,22, ou 4,07%. Os preços dos demais combustíveis não foram alterados.

 Essa já é a segunda queda consecutiva anunciada pela estatal no diesel. Na semana passada, o valor do litro foi reduzido em R$ 0,20. No entanto, apesar das duas quedas, o preço do diesel vendido às distribuidoras ainda é 55,39% maior que o praticado no final de 2021. 

Leia também

Conforme a Petrobras, considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da empresa no preço ao consumidor passará de $ 4,87, em média, para R$ 4,67 a cada litro vendido na bomba, de acordo com a estatal.

Em nota, a Petrobras afirmou que a redução acompanha o avanço dos preços de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para o diesel, e é coerente com a prática de preços da empresa, que busca o equilíbrio dos seus custos com o mercado global, sem repassar para os preços internos a volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio. 

Fonte: AgroPlus

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana