POLÍCIA

Após troca de informações entre Polícias, autor de latrocínio ocorrido em 2003 em Confresa é preso em SP

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor de um crime de latrocínio ocorrido há aproximadamente 19 anos no município de Confresa (1.160 km de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido, nesta quinta-feira (27.01), em uma ação conjunta das Polícias Civis de Mato Grosso, Pará e São Paulo. O suspeito, de 45 anos, que estava com o mandado de prisão expedido pela 3ª Vara Criminal de Porto Alegre do Norte, foi localizado no município de Barueri, Estado de São Paulo.

O crime ocorreu no ano de 2003 na cidade de Confresa quando o suspeito acionou a vítima, que trabalhava como mototaxista, para levá-lo até a zona rural do município. Durante o trajeto, o suspeito anunciou o assalto e efetuou vários golpes de faca contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos.

Logo após os fatos, a Polícia Civil iniciou as investigações conseguindo chegar a identificação do suspeito, sendo o procedimento remetido ao Poder Judiciário. O investigado foi processado e condenado, tendo o mandado de prisão expedido pela Justiça. Porém, desde então o suspeito era considerado foragido.

As investigações em buscas do foragido retomaram há alguns dias, após familiares da vítima procurarem a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Confresa, falando sobre o mandado de prisão em aberto de longa data e a esperança em ver o autor do crime preso.

Iniciada as investigações, coordenadas pelo delegado da Derf Confresa, Bruno Gomes Borges, os policiais da unidade conseguiram informações de que o foragido poderia estar no Pará, iniciando a troca de informações com a Polícia Civil do estado. Nas checagens realizadas no Pará, foi descoberto que o suspeito já havia deixado o estado e que provavelmente estava morando no estado de São Paulo.

Novamente houve o compartilhamento de informações, dessa vez entre as Polícias Civil de Mato Grosso, Pará e São Paulo, sendo possível identificar o paradeiro do foragido na cidade de Barueri (SP). Com a informação, os policiais civis de São Paulo deram cumprimento ao mandado de prisão contra o procurado, nesta quinta-feira (27), quase 19 anos após o crime.

“Mediante troca de informações entre as unidades, e após os levantamentos  policiais foi possível capturar o autor desse crime bárbaro contra um homem que era arrimo de família, e sustentava a família, como mototaxista e perdeu sua vida durante o trabalho”, disse o delegado. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil prende segundo investigado pelo homicídio de casal de primos no interior

Publicados

em

O segundo envolvido no homicídio de um casal de primos de Barra do Bugres foi preso pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (27). Ele é suspeito também de executar outro jovem no município, crime registrado um dia após o desaparecimento do casal de primos.

Thaynara Chrystini dos Santos Silva e Carlos Henrique da Silva Souza, ambos de 20 anos, desapareceram no dia 05 de abril. O casal de primos foi visto pela última vez na parte externa de um ginásio poliesportivo, onde ocorriam jogos escolares da cidade. Os corpos das vítimas foram localizados no dia 11 de maio em avançado estado de composição, enterrados em uma região de mata de Barra do Bugres.

As buscas pelos corpos foram realizadas por equipes da Delegacia da Polícia Civil do município com apoio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO). Familiares reconheceram os pertences encontrados como sendo dos dois jovens. Outro investigado pelo crime, que estava com prisão decretada, foi preso na ocasião. 

Perícias estão em andamento para atestar as identidades das vítimas, assim como as circunstâncias em que ocorreram as execuções. As investigações continuam para identificar outros envolvidos.

Outro homicídio

No dia seguinte ao desaparecimento do casal de primos, a Polícia Civil registrou o homicídio de Kaio Richard dos Santos Paulo, de 21 anos, executado com as mãos amarradas. Na ocasião, dois suspeitos pelo crime foram  presos em flagrante.

Desde o dia dos fatos, diversas diligências foram realizadas pela Polícia Civil para identificar os demais autores dos crimes.

Diante dos elementos obtidos, foi representado pela prisão temporária de  mais um dos suspeitos de envolvimento nos homicídios e após expedição do mandado, ele foi localizado e preso pela equipe da Delegacia de Polícia de Barra do Bugres.

O suspeito foi interrogado e as perícias necessárias requisitadas. As investigações seguem sob sigilo.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana