Saúde

Ao menos 10 cidades de São Paulo suspendem aplicação da 2ª dose da CoronaVac

Publicados

em


source
Municípios alegam falta de doses da Coronavac
Divulgação

Municípios alegam falta de doses da Coronavac

Com vacinas em falta, pelo menos 10 cidades do estado de São Paulo suspenderam a aplicação da 2ª dose da CoronaVac, imunizante produzido pelo Instituto Butantan. O levantamento foi feito pela “Globonews”.

De acordo com as prefeituras, o desfalque nos estoques da vacina acontecem devido ao envio em menor quantidade por parte do governo estadual.

Em nota, a Secretaria Estadual da Saúde afirma que envia quantidades iguais para primeira e segunda dose da vacinação do público-alvo, e que cabe aos municípios a gestão da aplicação dos imunizantes.

“O Governo de São Paulo encaminha as remessas de primeira e segunda dose da vacina contra a Covid-19 considerando as estatísticas populacionais de cada faixa previstas pelo Ministério da Saúde, com quantitativos idênticos em ambas as entregas para que seja concluída a imunização das pessoas. Todas as grades de vacinas são enviadas a cada local em tempo oportuno. Cabe às Prefeituras utilizar as vacinas de acordo com os critérios técnicos e públicos, ou seja, devem respeitar as faixas etárias e/ou grupos estipulados bem como o intervalo de tempo de aplicação entre doses (até 28 dias para a vacina do Butantan e até 12 semanas para a da Fiocruz)” diz a nota.

Confira abaixo os municípios que suspenderam a aplicação da 2ª dose da CoronaVac

  • Cajamar
  • Juquitiba
  • São Lourenço da Serra
  • Região de Campinas
  • Águas de São Pedro
  • Águas de Lindóia
  • Morungaba
  • Sorocaba
  • Jacareí
  • Caçapava
Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Covid-19: Brasil registra 11.716 novos casos e 318 mortes

Publicados

em


O boletim epidemiológico do Ministério da Saúde divulgado hoje (23) mostra que o Brasil registrou 11.716 novos casos de covid-19 em 24 horas. Segundo o informe, pouco mais de 222 mil casos – o equivalente a 1% do total de contaminados – segue em acompanhamento, enquanto 20.895.886 pessoas (96,2%) são consideradas curadas da doença. 

O boletim mostra que foram registrados 318 óbitos por covid-19, enquanto 3.045 mortes estão em investigação. Nos últimos 3 dias foram registradas 159 mortes por síndrome respiratória aguda grave (Srag).

Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde mostra os dados atualizados da pandemia no Brasil. Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde mostra os dados atualizados da pandemia no Brasil.

Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde mostra os dados atualizados da pandemia no Brasil. – Ministério da Saúde

No total, o Brasil já registrou 21.723.559 casos confirmados de covid-19.

Estados

No ranking de casos e óbitos por estados, São Paulo não atualizou os números de hoje, mas segue em primeiro lugar com cerca de 25% do total de óbitos no país – 151.471. O estado já registrou 4.396.904 casos de covid-19. Em segundo lugar está o Rio de Janeiro, com 67.997 óbitos e 1.314.605 casos da doença. Minas Gerais, em terceiro, teve até agora 55.383 óbitos e 2.177.140 diagnósticos positivos.

Vacinação

Segundo registra o painel nacional de vacinação do Ministério da Saúde, 269 milhões de doses de vacinas oferecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) já foram aplicadas na população brasileira. Destas, 152.844.546 são referentes à primeira dose, enquanto 116.507.409 são referentes à segunda dose ou dose única, no caso dos imunizados com a vacina da Janssen. A ferramenta mostra que foram aplicadas mais de 2,9 milhões de doses nas últimas 24 horas – número superior à meta da pasta, que visa imunizar 2 milhões de pessoas diariamente.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana