CURIOSIDADES

Ao cavar buraco, homem descobre 100 bombas da Segunda Guerra Mundial

Publicados

em


source
Ao cavar buraco, homem descobre 100 bombas da Segunda Guerra Mundial
Sputnik / Vasily Batanov

Ao cavar buraco, homem descobre 100 bombas da Segunda Guerra Mundial

Na época da Segunda Guerra Mundial , várias bombas eram lançadas nas ilhas localizadas no Pacífico e sua maioria não explodiu. As bombas ficaram abaixo do solo e resultaram momentos violentos e até mesmo fatais. As informações foram apuradas pela Sputnik News.

Um homem, que preferiu não ter sua identidade revelada, descobriu ao cavar um buraco nas Ilhas Salomão , para desenvolver um novo sistema séptico em sua casa e avistou cerca de 100 bombas não detonadas da Segunda Guerra Mundial.

Conforme os relatos, ele estava cavando até o momento em que sua pá bateu em algo metálico e instantes depois ele se deparou com as 100 bombas . As munições são projéteis de 105 milímetros, teoricamente usadas pelas forças norte-americanas.

As autoridades declaram que as bombas foram encaminhadas para um local seguro onde serão desativadas. “Um homem no leste de Honiara acaba de encontrar mais de 100 bombas da Segunda Guerra Mundial em seu quintal cavando um buraco para um novo sistema séptico. Ian Percy, especialista em descarte de artilharia explosiva, está ajudando a Força Policial Real a lidar com esse terrível legado da Segunda Guerra Mundial”, diz a publicação nas redes sociais.

As Ilhas Salomão foi o local onde duros combates entre os Estados Unidos e Japão aconteciam, durante a Segunda Guerra Mundial. Porém, na semana passada, duas pessoas morreram após uma bomba explodir de uma área residencial, em Honiara. Também em setembro de 2020, um australiano e um britânico também morreram vítimas de uma explosão de bomba.

Comentários Facebook
Propaganda

CURIOSIDADES

Homem é atacado por jacaré e dispara: “Vocês não sabem como ele tá”; veja vídeo

Publicados

em


source
Homem foi atacado por jacaré enquanto nadava
Montagem iG / Reprodução

Homem foi atacado por jacaré enquanto nadava

Um homem foi atacado por um  jacaré enquanto nadava no Lago do Amor, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Apesar de ter sido mordido pelo animal, o banhista não deixou o bom humor de lado. “Vocês não sabem como ele ta lá, quantos dentes ele perdeu da boca. Porque dei uma machucada nele também”, disse ele em vídeo compartilhado nas redes sociais.

Devido à situação, o homem ganhou o apelido de “Mano da Lacoste”, em referência à marca que usa a imagem de um jacaré como logo.


O caso aconteceu no último sábado (23), foi registrado em vídeo e viralizou nas redes sociais. Na gravação, o homem aparece nadando rapidamente pelo lago, até o momento em que o  jacaré começa a segui-lo e o abocanha pelo braço.

Leia Também

Em seguida, o homem se levanta e consegue sair do lago, ficando com uma lesão no braço direito.

Veja o momento em que o homem foi mordido [IMAGENS FORTES]:


Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana