Saúde

Anvisa reforça que pesquisas com vacina russa no Brasil não estão autorizadas

Publicado


source
Rússia
Fundo de Investimento Direto da Rússia/Reuters

Anvisa reforça que estudos ainda não foram autorizados no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aifrmou, nesta sexta-feira (30), que ainda não recebeu nenhum pedido de registro para a vacina Sputnik V. O Fundo de Investimentos Diretos da Rússia (RDIF), diz já ter feito a pré-submissão dos documentos , o que não é considerado um pedido formal.

“Agência Nacional de Vigilância Sanitária não recebeu, até o momento, nenhum pedido de registro referente à vacina Sputnik V. Também não há nenhum pedido formal que trate da autorização de pesquisa clínica no Brasil para a vacina em questão”, diz uma nota no site da Anvisa atualizada nesta sexta.

“Os documentos foram enviados pelo laboratório União Química com um pedido de avaliação prévia da documentação pela Anvisa, antes que o laboratório faça o pedido formal com todos os requisitos necessários”, reforçou a agência, ainda na quinta-feira. Na alteração de hoje, a Anvisa incluiu que “na prática, a pesquisa não está autorizada e esse pedido ainda não foi feito pelo laboratório”.

Caso aprovada para testes no Brasil, a vacina deve contar com voluntários dos estados do Paraná e da Paraíba, cujos governos já demonstraram interesses na participação da fase três dos testes clínicos.

A Sputnik V, produzida pelo Centro Nacional de Pesquisas em Epidemiologia e Microbiologia Nikolay Gamaleya, recebeu um certificado de registro do Ministério da Saúde da Rússia, tornando-se a primeira vacina contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) registrada no mundo.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
publicidade

Saúde

Covid-19: Brasil registra 24.468 casos e 272 mortes em 24 horas

Publicado


O Brasil registrou neste domingo (29) 6.314.740 casos confirmados do novo coronavirus, conforme balanço divulgado pelo Ministério da Saúde. Foram computados 24.468 novos casos e 272 mortes nas últimas 24 horas e existem 2.177 óbitos em investigação. Desde o início da pandemia ocorreram em todo o país 172.833 óbitos. 

Conforme o balanço, 563.789 pessoas estão em acompanhamento. O número de recuperados está em 5.578.118.

Nos estados

Os estados com mais mortes pela covid-19 são São Paulo (42.076), Rio de Janeiro (22.561), Minas Gerais (10.031), Ceará (9.607) e Pernambuco (9.030). As unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Acre (723), Roraima (727), Amapá (806), Tocantins (1.162) e Rondônia (1.555).

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil 29/11/2020Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil 29/11/2020

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil 29/11/2020 – 29/11/2020/Divulgação/Ministério da Saúde

Edição: Bruna Saniele

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana