Saúde

Anvisa pede inclusão de eventos adversos na bula da vacina Janssen

Publicados

em

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) requereu à farmacêutica estadunidense Janssen e a sua representante no Brasil Cilag a inclusão na bula da vacina contra a covid-19 de informações sobre os eventos adversos ocorridos durante a imunização. As companhias têm 30 dias para cumprir a solicitação.

Eventos adversos são episódios indesejados registrados em pessoas que receberam a vacina, que devem ser comunicados à Anvisa para o monitoramento de vigilância em saúde sobre esses produtos.

Segundo a agência, entre os eventos adversos notificados aparecem aumento do número de linfonodos (como caroços no pescoço), sensação de dormência em algumas partes do corpo, diminuição da sensibilidade da pele, zumbido no ouvido, diarreia e vômitos.

Notificação

A notificação de eventos adversos precisa ser feita à Anvisa mesmo se não houver suspeita de que o desconforto foi provocado pelo medicamento. De acordo com a Anvisa, a subnotificação pode retardar a identificação de sinais de risco e subestimar a dimensão de um problema.

A comunicação pode ser feita por meio do site da Anvisa, pelos sistemas Vigimed e Notivisa. Ali, há possibilidade de relatar problemas em diversos produtos, entre eles medicamentos e vacinas.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Brasil tem 373 mortes e 15.610 casos de covid-19 em 24h

Publicados

em


source
Teste rápido para detecção da covid-19
Governo do Estado de SP

Teste rápido para detecção da covid-19

Com 373 mortes nas últimas 24h, o Brasil chegou nesta quarta-feira (20) aos 604.228 óbitos por covid-19. A média móvel, que índices mais baixos no fim de semana, voltou a casa dos 379.

No mesmo período, foram 15.610 casos, totalizando 21.680.489 desde o início da pandemia, em março de 2020. A média móvel de infecções fechou o dia em 11.791.

São Paulo lidera as estatísticas em número de casos (4.393.050) e óbitos (151.297).

Desde junho de 2020, após uma confusão com os dados divulgados pelo Ministério da Saúde, o Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conass) informa os dados referentes à pandemia.

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, 241.918.276 pessoas já se contaminaram com o novo coronavírus, e 4.919.134 foram a óbito. O Brasil é o segundo do ranking com mais vítimas para a doença, atrás apenas dos Estados Unidos. Em 3º lugar está a Índia, com pouco mais de 452 mil mortes.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana