ecossistemas

Animais silvestres são resgatados pelo Corpo de Bombeiros em Mato Grosso

Publicados

em

O CBMMT em Sinop, através do 4º Batalhão Bombeiro Militar (4ºBBM), atendeu na manhã deste domingo (17.05), na Rua dos Agaves, no Bairro Belo Horizonte, um animal em local de risco. Tratava-se de uma arara azul (Canindé) selvagem que teria se enroscado em fiação de cerca elétrica residencial.

A solicitação foi feita por uma empresa de monitoramento eletrônico após o disparo do alarme na residência. O animal foi resgatado, levado ao quartel e como estava saudável, solto na base do 4ºBBM.

Um pouco mais tarde, a 2° Companhia do 3º Batalhão Bombeiro Militar (2ªCIA/3ªBBM) de Rondonópolis foi acionada para atender uma ocorrência de resgate de animal em local de risco, na Empresa GGT na BR 364, entre o Posto Aldo e a Transoeste.

Ao chegar no local a guarnição se deparou com uma arara presa entre o radiador e a lataria de um caminhão. Foi realizada a captura e verificado que o animal encontrava-se assustado e com um pequeno ferimento na asa direita. O animal foi encaminhado para a Polícia Ambiental em Rondonópolis.

O motorista do caminhão informou que 50km antes de chegar na empresa GGT atropelou duas araras que atravessaram a pista, e viu que uma vôou, mas não viu a outra então seguiu viagem por mais cinquenta quilômetros. Somente após chegar no destino ouviu a arara gritar e então fez contato com o Corpo de Bombeiros para realizar o resgate.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

ecossistemas

Fotógrafo mexicano filma onça atacando jacaré no Pantanal de Mato Grosso; veja o vídeo

Publicados

em

O fotógrafo mexicano Diego Rodriguez filmou o ataque de uma onça-pintada a um jacaré durante uma expedição no Pantanal mato-grossense.

Veja vídeo:

Apesar de viajar o mundo registrando a vida selvagem, Rodriguez disse que foi a primeira vez que conseguiu gravar um ataque como esse.

Nas imagens, é possível ver a onça tentando levar o jacaré, ainda vivo, para a mata. O jacaré consegue escapar em determinado momento, mas é pego pelo felino novamente.

Segundo o fotógrafo, as imagens foram feitas nas margens do Rio Cuiabá, na região de Porto Jofre. A área é conhecida por ter a maior concentração de onças-pintadas do mundo. A reserva tem 108 mil hectares. Turistas do país e do exterior procuram o parque para ver as onças-pintadas, durante passeios de barco.

O melhor período para observar a onça é entre julho e final de setembro, período da seca. Nesses meses, as onças ficam mais próximas das margens dos rios em busca de água e caça, então, é mais fácil se deparar com o animal.

Em 2013 o fotógrafo americano Justin Black flagrou cena semelhante e publicou as seguintes fotos:

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana