CIDADES

AMM realiza mais uma ação solidária em bairro carente de Cuiabá

Publicados

em


A Associação Mato-grossense dos Municípios realiza nesta sexta-feira, 18 de dezembro, mais uma ação solidária, com a participação de todos os colaboradores da instituição. Desta vez, a ação será no bairro Jonas Pinheiros-3 em Cuiabá, um bairro carente, onde residem muitas famílias em situação de vulnerabilidade, com mais de 400 crianças no local. A inciativa da ação solidária integra o calendário de atividades do projeto FAVO-Força do Amor Voluntário, que todos os anos realiza ações como esta.

O projeto foi criado em 2015 pela AMM com o objetivo de promover o trabalho voluntário em prol de causas sociais.

A presidente de honra da FAVO, Inezita Ormond, destaca  a ação no período natalino como forma de estreitar laços de fraternidade e olhar para aqueles que mais necessitam.

Ela destacou que  a ação visa proporcionar acolhimento à comunidade do bairro neste Natal, contemplando as crianças com um dia inesquecível, aquecendo o coração e realizando o sonho de receber um presente das mãos do Papai Noel. “Vamos doar um pouco do nosso tempo, das nossas atenções e dar a nossa contribuição com muito amor e carinho às crianças daquele bairro”, disse ela.

Através da FAVO, já foram realizadas várias ações envolvendo os colaboradores da AMM, que se organizam e participam ativamente das atividades. Além de manter a tradição de fazer a ação solidária, o trabalho proporciona a integração e a união dos colaboradores. “Esta iniciativa tem contribuído com o bem estar de muitas pessoas. A participação de cada um é uma demonstração coletiva de amor ao próximo”, reafirma.

Desde 2015, já foram realizadas as ações: Na casa de acolhimento Madre Tereza de Calcutá, no bairro Praeirinho, onde os colaboradores desenvolveram as atividades com as famílias atendidas pelo projeto filantrópico. Na ocasião, foram ministradas as oficinas de confecção de guirlandas, artesanato em espelho, colagens, auto maquiagem, palestras e dinâmicas sobre autoestima, além de prêmios e a entrega de presentes para as crianças.

Outra entidade contemplada com a ação solidária foi a Escola Raio de Sol, que atende crianças com necessidades especiais, localizada no bairro Grande Terceiro, em Cuiabá. Foram entregues mais de 100 pacotes de fraldas geriátricas. As doações foram arrecadadas entre os colaboradores e prestadores de serviço da AMM.

Através da Favo, foram desenvolvidas também a campanha de doação de medula óssea para o Redome, uma ação  humanizada que mobilizou os colaboradores, além do brechó solidário, para ajudar o hospital Santa Casa de Cuiabá. Todos os anos, a Favo realiza a campanha do Outubro Rosa, para chamar atenção para o prevenção do câncer de mama,  além da campanha Novembro Azul, para a alertar os homens sobre o câncer de próstata.

As campanhas de Natal da instituição arrecadaram brinquedos para crianças que frequentam creches filantrópicas e comunitárias de Cuiabá, atendendo as crianças que moram na região da grande Morada da Serra.

A Creche Tia Antonina, no mesmo bairro, foi contemplada com a reforma dos brinquedos, como balanços, escorregador e gangorra, pintura dos muros, plantio da grama, além da   concretagem e pintura do pátio. A creche é uma Associação Filantrópica que sobrevive de doações. Outra ação envolveu os colaboradores da instituição e entidades parceiras. Através de uma gincana, foram arrecadadas mais de duas toneladas de alimentos para a montagem de cestas básicas, que foram entregues em entidades filantrópicas de Cuiabá e Várzea Grande, beneficiando mais de 300 famílias carentes. São elas: Educandário São Miguel, Lar Eurípedes, Wantuil de Freitas, Casa Assistencial Madre Tereza e Casa do Imigrante em Cuiabá, Lar Peniel e Casa Espirita Apóstolo Mateus, em Várzea Grande.

A Casa da Mãe Joana foi a entidade que recebeu este ano a reforma de uma lavanderia, desde a colocação de bancadas de tanques, o forro, a execução da parte elétrica, sanitária e o piso.  A cozinha e outros ambientes tiveram a pintura renovada. Foram instaladas novas portas janelas  na sala de televisão e outros ambientes necessários. A equipe também fez reparos na enfermaria, com a colocação de piso, forro, parte elétrica e no banheiro, a troca de louça sanitária, além de instalação de ar condicionado. Dentro dos padrões da vigilância sanitária, foi instalada uma farmácia para os pacientes. A casa está sendo equipada também com os móveis necessários como: prateleiras, armários, bancos de madeira, geladeira e outros utensílios.  O trabalho de confecção dos móveis foi executado pelos próprios colaboradores. A obra será entregue neste Natal.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Propaganda

CIDADES

Presidente da AMM participou da audiência da Comissão de Zoneamento Socioeconômico Ecológico da Assembleia Legislativa

Publicados

em


O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM, Neurilan Fraga, participou da audiência da Comissão Especial de Zoneamento Socioeconômico Ecológico da Assembleia Legislativa, ocorrida na última quarta-feira. A comissão recebeu também o secretário-adjunto de Investimentos, Inovação e Sustentabilidade, Walter Valverde, e o superintendente de Agronegócios, Sérgio Leal, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico-Sedec. 

Na ocasião, o presidente da AMM falou sobre a necessidade de um programa que priorize a produção local com sustentabilidade econômica e social. Fraga informou aos parlamentares que vem participando de diversas reuniões que discute o tema, considerado um dos mais importantes para Mato Grosso e para o Brasil.

Na sua avaliação, o Estado deve ter um projeto aprovado, para colocar o carimbo na produção local. “Temos que ter o zoneamento aprovado, garantindo ao nosso consumidor, o que produzimos com sustentabilidade econômica e social”, disse ele, ponderando que não adianta o Estado ser o grande produtor de grãos, se tem grande parte da população, vivendo com pouca renda, marginalizada pela ruqueza produzida no Estado.

Durante a audiência, Fraga disse ainda que na ouproposta do zoneamento, tem que ficar clara a preocupação com a questão econômica, com foco na sustentabilidade social. Ele lembrou que são movimentados mais de R$ 60 bilhões com as exportações do setor do agronegócio,   concentrado por apenas dez famílias, sendo que o  restante da população não participa deste processo. “Sabemos que é fruto do trabalho do agronegócio, mas a grande produção agrícola fica concentrada com uma minoria em Mato Grosso”, assinalou
Conforme o presidente da AMM, é preciso inverter a situação, quando se trata da inclusão social, ter um programa de desenvolvimento econômico que possa trabalhar as regiões empobrecidas. “Tem muitas regiões empobrecendo e outras ficando mais ricas. Estamos construindo ilhas de prosperidade e ilhas de bolsões de pobreza”, disse ele, questionando sobre o percentual da população que participou do crescimento desta riqueza em Mato Grosso. 

O governo estadual, segundo ele, deve ter o compromisso de descentralizar a produção de riqueza. É essencial que a Agricultura familiar tenha acesso a tecnologia e mais assistência técnica. “Necessitamos de um programa que apresente as ações socialmente sustentáveis. Que possamos produzir e gerar receita   no nosso estado, que as pessoas pobres possam ter mais oportunidades e melhor qualidade de vida”, alertou.

O presidente da comissão especial, deputado estadual Dr. Eugênio, pediu que a Sedec trabalhe para fazer mudanças na minuta de novo Zoneamento Socioeconômico Ecológico do estado que está sendo apresentada à população desde fevereiro. “Queremos receber para votação na Assembleia um projeto diferente, que não impeça o desenvolvimento do estado para evitarmos fazer um substitutivo que possa ser contestado na justiça”, disse o parlamentar.

A Casa vai ter a grande responsabilidade de votar esse novo zoneamento e é importante que o estado não seja impedido de ser um grande produtor de alimentos, defendeu.

A próxima reunião da Comissão Especial de Zoneamento Socioeconômico Ecológico está prevista para o próximo dia 29 e deve ser realizada com técnicos da Universidade Federal de Viçosa (UFV), em São Felix do Araguaia.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana