BRASIL E MUNDO

Amazonas tem queda no número de mortes e Manaus flexibiliza isolamento social

Publicados

em


source
Governador Wilson Lima (PSC); Manaus passará da fase roxa, a mais restritiva, para a fase vermelha do isolamento social
Herick Pereira/Secom

Governador Wilson Lima (PSC); Manaus passará da fase roxa, a mais restritiva, para a fase vermelha do isolamento social

O governo do Amazonas anunciou, neste sábado (13), que os índices epidemiológicos no estado melhoraram e que a capital Manaus passará da fase roxa, a mais grave, para a fase vermelha do plano de distanciamento social. O interior do estado segue na fase de maiores restrições.

Apesar do afrouxamento das medidas, o governador Wilson Lima (PSC) destacou que a situação continua grave e “preocupante”.

A média móvel de mortos por Covid-19 no Amazonas caiu 35% nos últimos 14 dias. Em janeiro, a taxa era de 140 óbitos diários; hoje, chega a 83. Já a média móvel de contágios, caiu 21%.

“Não podemos baixar a guarda, porque senão podemos correr o risco de colocar tudo que conquistamos a perder”, disse Wilson Lima, em anúncio. “O esforço que todos têm feito para conter essa pandemia… Os resultados positivos, já começam a aparecer.”

Com a entreda na fase vermelha, continua proibida a circulação de pessoas entre as 19h e 6h da manhã. Os comércios, porém, podem vender bebidas na modalidade de “drive thru” das 8h às 15h. Obras emergenciais em residências também estão permitidas.

Salões de beleza e barbearias podem funcionar, desde que em regime domiciliar. O transporte públic coletivo é permitido a profissionais de saúde e a pessoas que estejam em atividade essenciais permitidas no decreto.

O Amazonas acumula, desde o início da pandemia, 9.619 mortes por Covid-19 e 290 mil infecções.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Caso Lázaro: Polícia recebe mil denúncias e pede que não sejam feitos trotes

Publicados

em


source
Projeções de disfarces de Lázaro Barbosa de Sousa, feitas pela Polícia Civil do DF
Divulgação/PCDF

Projeções de disfarces de Lázaro Barbosa de Sousa, feitas pela Polícia Civil do DF

A megaoperação que já dura 13 dias em Goiás conta com apoio da população para localizar e prender o fugitivo Lázaro Barbosa Sousa , autor de uma chacina no último dia 9. Enquanto algumas denúncias são úteis para as buscas, a maior parte das ligações para o setor que está em funcionamento há aproximadamente 24h é composta por trotes e conversas irrelevantes , conforme revelou nesta segunda-feira, dia 21, a Secretaria de Segurança Pública do estado. O disque denúncia contabilizou cerca de mil chamados . O número disponibilizado para receber informações sobre a localização de Lázaro é (061) 9 9839-5284.

Apesar dos trotes, a força-tarefa manifestou gratidão pelas doações entregues aos agentes por setores público e privado desde o início da ação, e em especial pelo apoio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG).

Você viu?

No 13º dia de buscas, a secretaria informou por meio de nota que foram realizadas incursões com apoio de cães para checagem de informações de possíveis locais por onde Lázaro passou. O cerco se fechou ainda mais. Também estão sendo utilizados 40 rádios comunicadores cedidos pelo Exército.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana