BRASIL E MUNDO

Alesp inicia plantio de árvores para compensar gases do efeito estufa

Publicados

em

source
Alesp inicia plantio de árvores para compensar emissão de gases do efeito estufa
Divulgação/Alesp

Alesp inicia plantio de árvores para compensar emissão de gases do efeito estufa


Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado neste domingo, dia 5 de junho, a Assembleia Legislativa do  Estado de São Paulo realizará, a partir das 10h, no Jardim Botânico de São Paulo, o plantio das primeiras mudas de árvores de um total de 20 mil que serão espalhadas por todo o Estado, por meio do programa Alesp Preserva.

O evento contará com a participação do governador Rodrigo Garcia. O Jardim Botânico está localizado na avenida Miguel Estefno, 3031, Vila Água Funda. No mesmo dia, um plantio também será realizado no Parque Estadual Águas da Prata, no município de Águas da Prata, na divisa com Minas Gerais.

O plantio faz parte do projeto da Alesp chamado Carbono Zero, que plantará 20 mil árvores com o objetivo de neutralizar a emissão de carbono na atmosfera dos últimos três anos. O cálculo para descobrir quantas mudas deveriam ser plantadas foi realizado por meio de um levantamento com os deputados, servidores e visitantes da Alesp, que analisou o deslocamento e o tipo de transporte utilizado pelas pessoas até o Palácio 9 de Julho, sede do Parlamento. A pesquisa apontou a emissão de 1,7 mil toneladas de gases poluentes na atmosfera no período.

O evento deste domingo é resultado do firmamento do Acordo Ambiental São Paulo, assinado no ano passado com o objetivo de reduzir a emissão de gases do efeito estufa (GEE’s). A parceria foi realizada entre a Alesp, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sima). Posteriormente, também foi assinado o Acordo de Cooperação para viabilizar o plantio das mudas, sendo este último celebrado em conjunto com o Governo do Estado de São Paulo e a Fundação Florestal (Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo).

Em novembro do ano passado, a Assembleia assinou a adesão ao Acordo Ambiental de São Paulo, firmado na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP 21), de Paris. A partir da assinatura do tratado, o Parlamento se comprometeu a integrar a comunidade de lideranças, reafirmando o papel dos parlamentares na preservação do meio ambiente e no combate às mudanças climáticas.

A efetivação do plantio total das 20 mil mudas ocorrerá no segundo semestre de 2022, após o início do período das chuvas. O Parque Rio do Peixe, no interior do Estado, abrigará as novas árvores, com uma área compreendida de 12 hectares.

Alesp Preserva

A proteção do meio ambiente é um compromisso do Alesp Preserva, um programa do Legislativo paulista lançado no ano passado que visa neutralizar a emissão de carbono, reduzir o consumo de água e papel, e investir na produção de energia solar, favorecendo a economia dos recursos públicos.


As 20 mil mudas plantadas neste domingo vão simbolizar mais um avanço da Assembleia na busca pela promoção da proteção do meio ambiente, assim como foi com a instauração do Alesp Sem Papel, que economizou 180 mil folhas de papel só no ano de 2021. Outros projetos voltados para a economia de água e energia também estão em andamento e prometem intensificar a atuação da Assembleia na defesa do meio ambiente.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Ucrânia e Turquia assinam acordo para reconstrução no pós-guerra

Publicados

em

As bandeiras da Ucrânia e Turquia
Reprodução/Flickr – 18.08.2022

As bandeiras da Ucrânia e Turquia

Os presidentes da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinaram um acordo nesta quinta-feira (18) para a reconstrução da infraestrutura ucraniana após a guerra iniciada pela Rússia acabar, informou a agência turca estatal Anadolu.

Também assinaram o acordo os ministros de Infraestrutura ucraniano, Oleksandr Kubrakov, e do Comércio turco, Mehmet Mus.

Entre as principais ações, está a criação de uma força-tarefa que “coordenará a reconstrução das instalações de importância social e econômica da Ucrânia, como estradas, pontes, infraestrutura de água e eletricidade, hospitais e escolas”.

Erdogan está em Lviv, junto com o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, para um encontro trilateral com Zelensky sobre assuntos relacionados ao conflito.

Essa é a primeira reunião entre os três desde que o acordo de exportação de grãos, firmado em julho, foi fechado entre Kiev e Moscou. Tanto Ancara como a ONU foram intermediadores de todo o processo que desbloqueou a exportação de alimentos em três portos no sul da Ucrânia.

Zelensky, por sua vez, afirmou em uma mensagem postada no Telegram que a visita de Erdogan “é uma poderosa mensagem por parte de um país tão importante” como a Turquia.

O mandatário ainda anunciou que, entre os principais pontos da conversa, estavam a exportação do trigo e as questões de segurança que envolvem a central nuclear de Zaporizhzhia. Kiev e Moscou trocou acusações constantes sobre ataques com mísseis no local.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana