ENTRETENIMENTO

Alec Baldwin foi avisado que arma era segura antes de disparo que matou diretora

Publicados

em


source
Alec Baldwin foi avisado que arma era segura antes de disparo que matou diretora
Reprodução/IMDB

Alec Baldwin foi avisado que arma era segura antes de disparo que matou diretora


A arma que o ator Alec Baldwin disparou num set de filmagem , na última quinta-feira (21/10), matando a cineasta Halyna Hutchins , foi entregue ao ator por um assistente de direção que garantiu que a pistola era segura, segundo informações presentes num pedido de busca e apreensão. O pedido foi autorizado pela Justiça de Santa Fé, nos EUA, na última sexta-feira. A análise dos equipamentos revelou mais detalhes sobre a morte de Hutchins durante a filmagem do longa-metragem “Rust”.


De acordo com a investigação, o diretor assistente Dave Halls não sabia que a arma usada por Baldwin continha munição de verdade e afirmou ao ator que ela não estava carregada. Na ocasião, ele gritou “arma fria”, segundo o documento judicial.

Além de Hutchins, o diretor Joel Souza, de 48 anos, que estava ao lado dela, foi atingido no ombro, mas sobreviveu. Ele foi levado a um hospital e depois liberado.Além da arma, a roupa que Baldwin usava, e ficou manchada de sangue, também foi levada pela polícia como prova. 

Munições e outras armas cenográficas utilizadas na filmagem foram igualmente apreendidas. Baldwin foi interrogado pela polícia, mas até agora ninguém foi formalmente acusado de algum crime por causa do episódio.

Peça-chave

Um dos mais famosos atiradores nos EUA, Thell Reed ganhou sua primeira arma como presente de aniversário do pai, aos 7 anos. Desde então, não largou revólveres: aos 13, abateu um urso no Alasca e, em pouco tempo, se tornou um dos principais armeiros, dublês e consultores de Hollywood. Hannah Gutierrez-Reed, filha do homem de 78 anos, sempre desejou seguir caminhos parecidos e igualmente explosivos.

Leia Também

Conhecedora de equipamentos bélicos, ela nasceu e cresceu em meio a pistolas e revólveres — e, neste ano, deu os primeiros passos como armeira profissional dentro da indústria cinematográfica dos EUA, sob influência do pai, figura por trás de títulos como “Los Angeles: cidade proibida” (1997), “Tombstone: a justiça está chegando” (1993) e o recente “Era uma vez em… Hollywood” (2019).

A jovem de apenas 24 anos era responsável pelas armas cenográficas no set do filme “Rust”, em que a diretora de fotografia Halyna Hutchins, de 42 anos, foi morta por um disparo acidental realizado pelo ator Alec Baldwin. Hannah também havia sido contratada para treinar e orientar o elenco em sequências embaladas por trocas de tiro.

Esse era o segundo trabalho do tipo que Hannah fazia em Hollywood. Meses antes, ela havia assumido o mesmo cargo no set do longa-metragem inédito “The old way”, estrelado pelo ator Nicolas Cage. Para pessoas próximas, a armeira admitia que se preocupava com a inexperiência profissional, apesar de ser conhecedora do assunto.

Em entrevista ao podcast “Voices of the west”, meses antes de começar a rodar “Rust”, Hannah afirmou que quase não aceitou o trabalho em “The wold way”, justamente por sentir que ainda não estava pronta para encarar a função e chefiar uma equipe.

“Foi uma maneira muito legal de começar uma longa carreira, espero. Acabei de trabalhar em ‘The Old Way’, com Nicolas Cage. Essa foi minha primeira vez como armeira chefe. Estava realmente nervosa sobre ser a primeira vez numa função dessa, e quase não aceitei o trabalho porque não tinha certeza se estava pronta, Mas tudo aconteceu de um jeito suave”, contou a profissional, na ocasião.

Na mesma entrevista, Hannah ressaltou que entrou para a carreira devido à influência de seu pai. E frisou que isso não era um problema. “Meu pai me ensinou muita coisa, menos algumas que aprendi o observando ou apenas sabendo como as armas de fogo funcionam”, disse.

A partir do relato de Hannah, a polícia americana espera entender determinados fatos ainda não esclarecidos pela investigação. O acidente fatal aconteceu após Alec Baldwin receber uma arma cenográfica das mãos de um dos diretores assistentes, que garantiu ao ator que aquela era uma “arma fria”, termo utilizado para designar revólveres descarregados.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Gkay e Carlinhos Maia se reencontram após anos brigados e choram muito

Publicados

em


source
Gkay e Carlinhos Maia se reencontram após briga
Reprodução/Twitter

Gkay e Carlinhos Maia se reencontram após briga

Não é só barraco e pegação que acontece na Farofa da Gkay. Na madrugada desta quarta-feira (8), rolou um momento bem emocionante no palco da festa. Após Solange Almeida e Xand Avião selarem as pazes na Farofa , a anfitriã da festa recebeu uma surpresa de ninguém menos que Carlinhos Maia, com quem fez as pazes recentemente após passarem três anos brigados e sem se ver.

Carlinhos Maia entrou no palco de surpresa e fez Gkay cair no choro. Os dois humoristas se abraçaram chorando e a emoção tomou conta da Farofa. O marido de Lucas Guimarães entrou no palco carregando um buquê de flores para a comediante e ainda fez uma declaração.

“Isso não é um discurso sobre mim, hoje é completamente sobre você, sobre tudo que você conquistou, sobre todas as coisas que você fez pela sua família, pela mulher foda que você se mostrou ser, por todas as conquistas que eu tinha que assistir de longe, fingindo que não estava me importando. Mas acho que você sabe que sempre me importei. As coisas que a gente viveu no começo, que que sempre foi massa, e a gente vai conhecendo pessoas, vivendo histórias e vai mudando. Coisas tão pequenas… e a gente vai passando o tempo e deixando gigante. Mas é tão pequeno perto do começo e das coisas boas”, disse o humorista.

Gkay e Carlinhos Maia eram bastante amigos, mas passaram três anos sem ter contato após brigarem. Nenhum dos dois nunca falou abertamente sobre qual foi o motivo do desentendimento, mas o comediante já declarou que a fama “subiu a cabeça” deles. Gkay disse recentemente que ela e Carlinhos já haviam feito as pazes, mas tudo aconteceu à distância e eles ainda não tinham se reencontrado.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana