CIDADES

Agosto Lilás em Alto Garças será marcado por mobilização virtual devido à pandemia

Publicado


.

AGOSTO LILÁS – A campanha nasceu com o objetivo de alertar a população sobre a importância da prevenção e do enfrentamento à violência contra a mulher, incentivando as denúncias de agressão, que podem ser físicas, psicológicas, sexuais, morais e até patrimoniais.

A Secretaria De Assistência Social de Alto Garças informa que em razão da pandemia do Covid-19 e da necessidade do distanciamento social, as ações de conscientização serão concentradas em divulgações virtuais sobre o assunto, por meio de postagens de conscientização lembrando o assunto e também por meio de entrevistas na rádio local.

Em qualquer circunstância a violência deve ser denunciada e isso pode ser feito na delegacia ou pelo número 180, sendo que essa central de atendimento à mulher vítima de violência oferece assistência gratuita, confidencial e algumas funcionam 24 horas. Mesmo que a vítima não realize a ocorrência, os parentes ou vizinhos podem fazê-la.

Procurar ajuda é o passo principal para conseguir sair da situação de violência. É importante que todos fiquem atentos aos canais de denúncia disponíveis e, se possível compartilhar estas informações com o maior número de pessoas para que qualquer caso de violência contra a mulher não fique impune.

Ainda como form de maior conscientização além das Redes Sociais acontecerá também Entrevista na Rádio local no Jornal de integração, na sexta-feira 07 de Agosto as 11:30 com a Psicóloga do CRAS, Marcella Sperandio.

O número de feminicídios ocorridos nos seis primeiros meses de 2020 em Mato Grosso aumentou 68% em relação ao mesmo período do ano passado. Neste ano, 32 mulheres foram vítimas de feminicídio, enquanto que em 2019 houve 19 vítimas. Os dados são da Superintendência do Observatório de Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

A Secretária de Assistência Social Gisele Denise Lima Singolano relatou “É muito importante que todos fiquem atentos aos canais de denúncia disponíveis em nossa cidade, uma vez que talvez a vitima não consiga realizar a Denúncia os amigos, parente e até mesmo os vizinhos podem colaborar e ajudar a acabar com essa prática de abuso. Somos uma sociedade ativa e devemos sermos uns pelos outros” Declarou Gisele.

Canais de denúncia:

Central de Atendimento à Mulher – 180

Central de Emergência da Polícia Militar – 190

Plantão da Polícia civil de Alto Garças/MT – (66) 9.9921.4397

Fonte: AMM

Comentários Facebook
publicidade

CIDADES

AMM realizará videoconferência

Publicado


.

A Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM está mobilizando os prefeitos e prefeitas para a videoconferência, que será realizada no próximo dia 24 de setembro, quinta-feira, das 14h ás 17h. Durante o encontro remoto, serão debatidos os principais aspectos que devem ser observados em relação as condutas vedadas em ano eleitoral. Também participam os vereadores, presidentes de Câmaras Municipais e assessores jurídicos das prefeituras.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, que conduzirá a videoconferência, ressalta que o evento será muito importante para os gestores municipais que serão orientados sobre as restrições impostas aos agentes públicos, neste ano de eleições municipais. “Sem dúvida, será uma grande oportunidade para esclarecer as dúvidas sobre as vedações no período eleitoral e os procedimentos a serem adotados para cumprir todas as exigências legais”, assinalou.

Após a abertura da videoconferência, pelo presidente da entidade municipalista, o primeiro convidado a orientar os gestores, será o representante da Procuradoria Geral de Contas do Tribunal de Contas do Estado-PGC/TCE, o Procurador Geral de Contas, Alisson Alencar. Ele vai falar sobre as contas públicas em período eleitoral.

As condutas vedadas no último ano de mandato, segundo as implicações da Lei de Responsabilidade Fiscal-LRF, serão abordadas pelo ex-diretor do Tribunal Regional Eleitoral-TRE/MT, o professor Nilson Fernando Gomes Bezerra.  

Em seguida, o juiz e membro do TRE/MT (biênio 2012-2014), o professor José Luiz Blaszak, vai falar sobre as condutas vedadas aos agentes públicos em período eleitoral durante a videoconferência.

No final, cada prefeito terá um espaço de três minutos para expor o seu ponto de vista e sanar eventuais dúvidas. Considerando a iminência do final de mandato para a maioria dos gestores, eles tem o interesse em saber mais sobre as regras vigentes, seguindo os preceitos da LRF e da Lei Eleitoral.

Os prefeitos também precisam de orientação quanto aos cuidados no fechamento da gestão, a fim de se evitar apontamentos junto aos órgãos de controle. Serão esclarecidas as regras do pleito eleitoral e as providências para o final de mandato, além das mudanças decorrentes do cenário político atual.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana