BRASIL E MUNDO

Adolescente de 13 anos mata o próprio pai porque se apaixonou pela madrasta

Publicados

em


source
crime
Reprodução

Adolescente de 13 anos mata o próprio pai porque se apaixonou pela madrasta

Uma menina de apenas 13 anos foi presa porque é acusada de esfaquear o próprio pai até a morte em Jataí, em Goiás, na madrugada do último dia 29 de novembro. Segundo a Polícia Militar, o motivo do crime seria uma paixão da adolescente pela madrasta, que tem 20 anos.

A adolescente foi detida em flagrante, pouco depois do crime, na casa onde morava com a avó. A vítima chegou a ser socorrida para uma unidade de saúde, mas morreu no local pouco tempo depois.

“Levantamos com a PM, que atendeu a ocorrência, e familiares, que ela havia nutrido uma certa paixão pela madrasta. O pai teve acesso a algumas mensagens e até a uma carta que a menor teria escrito para a madrasta. Ele conversou com ela e a repreendeu, mas a menor não teria gostado” disse o delegado Marlon Luz, em entrevista ao portal G1.

Segundo o  boletim de ocorrência, a adolescente havia ingerido bebida alcoólica pouco antes de esfaquear o pai para criar “coragem” de cometer o crime.

O documento informa que a menina foi até a casa onde o pai vivia com a madrasta na madrugada da noite do crime e disse a ela que gostaria de conversar com ele. Quando se encontraram, porém, ela o matou.

A adolescente foi encaminhada à delegacia e será levada a um centro provisório de internação. 

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Maior hospital de Portugal tem fila de ambulâncias por Covid-19; veja

Publicados

em


source
Imagens de fila de ambulâncias em hospital viralizaram nas redes sociais
reprodução / Twitter

Imagens de fila de ambulâncias em hospital viralizaram nas redes sociais

O Hospital Santa Maria, em Lisboa, o maior de Portugal, tem tido filas de ambulâncias com pacientes com Covid-19 nos últimos dias. Na quinta e na sexta-feira, as filas foram grandes, trazendo pessoas da capital e também de outras cidades do país, que vive um momento de colapso com o aumento dos casos de pessoas com o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

“Há surtos em vários serviços. E o problema é que desde quinta-feira à noite não estamos conseguindo vagas para transferir os doentes infectados dos nossos serviços para os covidários”, disse Nídia Zózimo, uma das médicas do hospital em entrevista ao jornal “O Público”.

De acordo com a imprensa portuguesa, o Santa Maria já está em seu limite de capacidade, assim como grande parte das redes pública e particular do país, que vive caos por conta da segunda onda de Covid-19. Em lockdown desde 15 de janeiro, Portugal registra cerca de 13 mil a 14 mil novos casos da doença diariamente.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana