GERAL

Acumulada, Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 80 milhões

Publicados

em

Acumulada há seis concursos, a Mega-Sena realiza hoje (25) o sorteio número 2.494, que tem premiação estimada em R$ 80 milhões. Excepcionalmente, o sorteio acontecerá na Paraíba, na cidade de Campina Grande, para comemorar as festividades juninas de São João.

O sorteio acontecerá às 20h deste sábado e será transmitido no canal do YouTube da Caixa. As apostas podem ser feitas até às 19h, tanto em lotéricas quanto pelo serviço de apostas online do banco.

Segundo o banco, a premiação de hoje renderia, caso aplicada em poupança, R$ 531.440 apenas no primeiro mês.

A Caixa também sorteia hoje a edição 2022 da Quina de São João. Ao contrário da Mega-Sena, essa modalidade de loteria não será acumulada e premiará os vencedores que mais acertarem.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Propaganda

GERAL

MP denuncia por maus-tratos dona de asilo no Rio

Publicados

em

O Ministério Público do Rio de Janeiro, denunciou a empresária Vanessa da Silva Ferro de Souza, proprietária e administradora da casa de repouso para idosos, em Guaratiba, zona oeste do Rio, por maus-tratos que levaram a óbito um dos pacientes da instituição. A denúncia foi feita em abril, mas só foi divulgada hoje (9). 

No domingo (7), a Polícia Civil prendeu em flagrante Vanessa e dois funcionários, pelos crimes de maus-tratos, tortura, sequestro e cárcere privado e fechou a casa de repouso.

A denúncia, ajuizada junto à 40ª Vara Criminal da Capital, relata que, entre os meses de janeiro e maio de 2015, Vanessa colocou em perigo a vida e a saúde de Jorge Luis dos Santos Azeredo, um idoso que estava internado no asilo após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). A casa de repouso privou o idoso do tratamento necessário para sua recuperação, tendo deixado de administrar alimentação e hidratação adequada à vítima, que foi internada por sua filha.

Devido à falta de cuidados adequados, o idoso desenvolveu escaras ou úlceras de pressão pela falta de irrigação sanguínea em pacientes acamados, causadas pela falta de movimentação, higiene e alimentação adequadas.

No dia 5 de abril de 2015, a filha encontrou Jorge Luis com o corpo coberto de escaras, sem roupas e sujo de fezes. Levado ao Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz, na zona oeste da cidade, com quadro de desnutrição, desidratação e pneumonia, Jorge desenvolveu um quadro de infecção generalizada e morreu. 

Vanessa foi denunciada com base no Artigo 136, parágrafo 2º, do Código Penal, que prevê prisão de quatro a 12 anos.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana