MINISTÉRIO PÚBLICO MT

Ações do Vida Plena em 2021 abrangem mais de 1,7 mil pessoas

Publicados

em


Um total de 1.749 pessoas, entre membros, servidores, estagiários e terceirizados do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, foram contempladas com ações do Vida Plena em 2021. A abrangência não inclui todas as atividades realizadas, já que algumas delas ocorreram de forma online e não foi possível a mensuração. 

A ampliação das ações de qualidade de vida no trabalho, conforme a coordenadora do Vida Plena e promotora de Justiça auxiliar da Procuradoria-Geral de Justiça, Claire Vogel Dutra, foi fundamental para a materialização no ano passado do Núcleo de Qualidade de Vida no Trabalho, vinculado à Gerência de Desenvolvimento do Departamento de Gestão de Pessoas.

“Esse núcleo tem como missão auxiliar a administração superior na implementação de estratégias de melhoria da qualidade de vida no ambiente de trabalho, por meio do fomento e coordenação de projetos e ações voltadas à promoção da saúde do trabalhador e da trabalhadora, além da prevenção de agravos e doenças no contexto laboral, considerando as dimensões física, mental e social da saúde em seu conceito ampliado”, destacou a promotora de Justiça.

O Núcleo de Qualidade de Vida no Trabalho, segundo ela, atua em quatro frentes: Melhorias no ambiente de trabalho, integração, saúde no trabalho e campanha e sensibilização. A promotora de Justiça ressalta que as ações realizadas no ano passado contemplaram as quatro frentes.

Como exemplo, ela cita a realização de ações para a implementação de medidas de biossegurança, desenvolvimento de atividades de integração e apoio à gestão de pessoas às unidades ministeriais, intervenção multiprofissional às demandas individuais, mapeamento dos casos de Covid-19 na instituição, revisão do Guia de Orientações sobre a Covid-19 e desenvolvimento de campanhas.

A elaboração da Carta de Serviço do Núcleo de Qualidade de Vida no Trabalho – Vida Plena, a criação do Link do Núcleo no site do MPMT e a construção da Política de Prevenção e Enfrentamento à Violência Laboral, ao Assédio Moral e Sexual e Todas as Formas de Discriminação também foram importantes conquistas obtidas no ano passado.

Confira aqui a íntegra do Relatório das ações realizadas. 

Fonte: MP MT

Comentários Facebook
Propaganda

MINISTÉRIO PÚBLICO MT

Treinamento chega à PGJ e vai qualificar público interno sobre consumo

Publicados

em

Após a Sede das Promotorias de Justiça da Capital, será a vez da Procuradoria-Geral de Justiça passar pelo treinamento virtual sobre eficiência energética. Essa qualificação está marcada para o dia 1º de junho, às 9 horas. O link de acesso ao evento será enviado pelo e-mail institucional. Nesta etapa, o público-alvo é formado por membros, servidores, estagiários e terceirizados que atuam na sede do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, localizada no Centro Político e Administrativo (CPA), em Cuiabá.

A finalidade do treinamento é difundir práticas de eficiência energética utilizadas no prédio da PGJ visando a redução do consumo de energia elétrica. Os conhecimentos que serão repassados poderão, inclusive, ser aplicados nas residências dos colaboradores para que possam multiplicar as boas maneiras, contribuindo para uma matriz energética mais sustentável e limpa, racionalizando o consumo. O treinamento será ministrado por consultor da empresa Eden Tecnologia.

De acordo com informações do Departamento de Engenharia, a Sede das Promotorias de Justiça da Capital e da PGJ foram contempladas nesta primeira etapa do projeto por meio de seleção em Chamada Pública, com recursos do Programa de Eficiência Energética (PEE) executado pela Energisa Mato Grosso, com base em critérios definidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Com investimentos da ordem de R$ 1,161 milhão, as melhorias que estão sendo implementadas nos dois prédios proporcionarão um consumo mais eficiente de energia com benefício econômico anual de R$ 254.806,27. Com os dois projetos, o Ministério Público do Estado de Mato Grosso deve economizar 684,93 megawats hora/ano (MW/h), energia suficiente para abastecer 2.740 residências com consumo médio de 250 Kwh por mês. A chamada pública que contempla esses dois projetos ocorreu em 2019.

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO – A promoção de ações de sustentabilidade e de eficientização no uso dos recursos naturais é um dos objetivos estratégicos estabelecidos no Planejamento Institucional (2020-2023). Sob responsabilidade da Procuradoria-Geral de Justiça, por meio dos Departamentos de Apoio Administrativo (DAA) e de Engenharia, o objetivo estratégico estabelece três macroações.

Ao DAA compete o desenvolvimento de iniciativas que promovam a sustentabilidade socioambiental e a redução de custos administrativos e modernização e sustentabilidade da frota de veículos. E ao Denge, a substituição de energia não renovável por energia renovável.

O projeto de eficiência energética também vai ao encontro das metas estabelecidas pelo programa de qualidade de vida no trabalho “Vida Plena – MPMT pensando em você”, no que se refere à sustentabilidade.

Eficiência energética consiste num conjunto de ações que busca a racionalização no consumo de energia elétrica de modo eficiente para se obter um determinado resultado. É a relação entre a quantidade de energia empregada em uma atividade e aquela disponibilizada para sua realização. Ou seja, significa gerar a mesma quantidade de energia com menos recursos naturais ou obter o mesmo serviço com menos energia.

Fonte: MP MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana