BRASIL E MUNDO

Acidente mata cinco pessoas da mesma família na Bahia

Publicados

em


source
Acidente na BR-020 causa a morte de cinco pessoas da mesma família
Reprodução/ TV Bahia

Acidente na BR-020 causa a morte de cinco pessoas da mesma família

Na segunda-feira (03), no Novo Paraná, Extremo Oeste baiano, um acidente causou a morte de cinco pessoas de uma família, duas crianças entre as vítimas, em um trecho da BR-020 de Luis Eduardo Magalhães. De acordo com a Polícia Rodoviária (PRF) da Bahia , pista estava molhada com óleo e essa pode ser a causa do acidente. As informações foram apuradas pelo Bahia Notícias.

Dessa maneira, o carro perdeu o controle , invadiu a contramão e acabou colidindo com uma carreta. De acordo com o motorista do automóvel de cargas, ele tentou desviar, porém, não foi o suficiente para evitar a colisão. 

As vítimas morreram no local do acidente e veículo foi completamente destruído. O Samu foi direcionado ao local e constaram que uma mulher, um homem, os pais das duas crianças que também não resistiram, e o avô dos menores faleceram.

Devido ao ocorrido, a pista foi interditada por algumas horas e os bombeiros também foram encaminhados até o local. 

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Major do exército de Israel diz que Hamas tinha escritório em prédio bombardeado

Publicados

em


source

Crusoé

O que diz o Exército israelense sobre destruição de prédio de jornalistas em Gaza
O Antagonista

O que diz o Exército israelense sobre destruição de prédio de jornalistas em Gaza

O major Roni Kaplan, de origem uruguaia, é um dos porta-vozes das Forças Armadas de Israel . Em entrevista a Crusoé, ele comentou sobre o bombardeio no sábado, 15, do edifício Jalaa (foto), de onze andares, onde funcionavam as redações da Associated Press , Al Jazeera , TV Al Aqsa , Russia Today , Dubai Channel 12 e de outros veículos de imprensa. Eis a entrevista:

Nesta segunda, 17, o secretário de estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, disse que não viu evidências para provar que o edifício atingido por um míssil, sede de várias redações, era usado pelo grupo terrorista islâmico Hamas. O que justifica esse bombardeio?

“O Hamas tinha um centro de operações de inteligência militar neste edifício. Uma parte do escritório funcionava em conjunto com a Jihad Islâmica. O Hamas também tinha ali uma unidade de pesquisa e desenvolvimento, que era responsável por coletar informações e realizar operações contra Israel. Essa unidade tinha vários especialistas, que operavam os equipamentos tecnológicos mais avançados contra Israel. O que ocorre é que o Hamas usa instalações civis, inclusive de veículos de imprensa, para proteger sua infraestrutura militar. Esse foi apenas um dos casos, mas há milhares de pontos na Faixa de Gaza em que isso também acontece. Há alguns dias, localizamos dez terroristas dentro de uma escola. O que eles faziam lá?”

Como Israel sabia que terroristas trabalhavam no prédio?

“A evidência que temos foi fornecida pelo nosso setor de inteligência e, nos próximos dias, vamos prover mais informações para os americanos fazerem suas análises. Estamos trabalhando nisso neste momento. Escutei meus superiores comentando a respeito. Em geral, nós nunca podemos revelar todas as informações porque isso pode revelar a maneira como elas foram obtidas”.

Israel atacou o prédio porque quer impedir que os jornalistas narrem a destruição na Faixa de Gaza?

De maneira alguma. Israel não tem problemas com jornalistas. Somos o país com mais jornalistas per capita do mundo. Israel tem mais jornalistas do que todos os países que ficam entre o Marrocos, no oeste da África, e o Irã, no centro da Ásia. Somos um país democrático, onde a liberdade de expressão é respeitada. E lembre-se que, no Twitter, os correspondentes da Al Jazeera continuam reportando tudo o que acontece por lá. É assim que deve ser. Eles agora estão fazendo isso de suas casas, como muitos outros jornalistas pelo mundo durante a pandemia. Antes de lançar o ataque, Israel alertou não apenas os jornalistas, como também civis que estavam por perto. Por câmera, nós acompanhamos a saída deles do prédio. Nós nos certificamos de que todos tinham deixado o local e, só então, o ataque aconteceu.

Você viu?

Se havia mesmo membros do Hamas e da Jihad Islâmica trabalhando no prédio, como explicar que os jornalistas, de diversos meios, não tenham reportado esse fato?

“Eles não tinham conhecimento. Pode existir um bunker do Hamas debaixo de uma escola, sem que os alunos saibam disso. Muitos civis na Faixa de Gaza trabalham metade do dia como engenheiros, pedreiros ou em qualquer outra profissão, e na outra metade trabalham como funcionários do Hamas. Nem sequer seus parentes sabem disso”.

Na semana passada, Israel anunciou que estava entrando por terra na Faixa de Gaza. Era mentira, mas as Forças Armadas se aproveitaram do fato de que terroristas se refugiaram nos túneis para bombardeá-los. Isso agora não poderia suscitar retaliações do Hamas contra jornalistas?

“Nós estamos constantemente falando com jornalistas. Meu superior, Jonathan Conricus, deu uma coletiva de imprensa na semana passada. Em um dado momento, ele se equivocou sobre o que estava acontecendo no terreno. Todos esses dias, tivemos a Divisão 162, no limite com Gaza, com duas brigadas de infantaria e uma de blindados. A qualquer momento, essa Divisão poderia entrar na Faixa de Gaza. Como eles começaram a fazer movimentos, como se estivessem para entrar no enclave, Conricus passou adiante a informação errada. Mas logo se retificou isso e o porta-voz de todas as Forças Armadas de Israel, Hidai Zilberman, pediu publicamente desculpas por esse equívoco.”


Israel vai entrar por terra na Faixa de Gaza?

“Esperamos que não. Mas não sabemos disso neste momento. Basicamente, o Exército já fez todos os planos de contingência. Não há uma decisão iminente de ingressar em Gaza por terra. Se acontecer, a decisão não seria tomada pelas Forças Armadas, e sim pelos políticos. É assim em qualquer país democrático, em que os chefes de governo são eleitos e tomam decisões em nome do povo. Mas essa é apenas uma das possibilidades”.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana