MULHER

5 óleos essenciais para acalmar as crianças de forma natural

Publicado


source

João Bidu

Confira os benefícios dos óleos essenciais para as crianças - Crédito: Tatiana Syrikova/Pexels

Às vezes nos questionamos sobre como as crianças conseguem ter tanta energia. Parece que o estoque delas é ilimitado e, não importa qual seja a hora, o momento é sempre perfeito para uma nova brincadeira.

Já para os pais e toda a família, essa história é bem diferente, porque a energia é limitada e a hora do descanso precisa ser respeitada. Porém, como explicar isso para uma criança, principalmente quando ainda é muito nova?

Ficar bravo(a) com os pequenos não resolverá, afinal, atitudes mais rígidas podem motivar o choro e é aí que ninguém mais terá controle da situação. Em vez disso, o melhor jeito de tranquilizá-los é por meio dos métodos naturais, como é o caso dos óleos essenciais  para crianças.

Para que toda a família possa aproveitar os benefícios dos óleos essenciais, coloque até seis gotas daquele de sua preferência no travesseiro da criança, na roupinha ou na água do banho.

Você também pode utilizar aromatizadores para espalhar o aroma pelo cômodo, porém, nunca aplique nenhum dos óleos essenciais para crianças diretamente na pele delas – como o organismo dos pequenos ainda está em formação, a substância pura, sem antes ter sido dissolvida, pode causar irritação.

Outra dica é testar o cheiro antes de aplicar nos itens da criança. Caso o óleo escolhido seja muito intenso, utilize um número menor de gotas ou apenas em tecidos que não ficarão tão próximos das crianças, como um lencinho pendurado no quarto, por exemplo.

Então, conheça 5 melhores óleos essenciais para crianças que irão acalmá-las de maneira fácil e totalmente natural.

Óleos essenciais para crianças

Bergamota

O excesso de agitação, especialmente na hora de dormir, pode ser controlado com esse óleo. O melhor jeito de utilizá-lo é borrifando no quarto antes da criança dormir e enquanto ela estiver adormecida. Dessa forma, o sono será mais intenso e isso impedirá que ela acorde durante a noite.

Como a fragrância é 100% natural, os pequenos vão aproveitar os efeitos com segurança. Com certeza vão acordar com mais disposição e animação, para mais um dia de muitas brincadeiras. Já os pais estarão preparados, após uma boa noite de descanso, para acompanhar as atividades dos filhos.

Camomila

O mais famoso calmante natural também pode ser usado pelas crianças. Sua ação atinge diretamente os sentidos dos pequenos, permitindo uma redução no estoque de energia deles – sem prejudicar a saúde.

O sono não precisa ser estimulado pelos pais porque, após o óleo essencial de camomila, o cansaço chega naturalmente. Uma dica é fazer a massagem Shantala  com a substância, para relaxar ainda mais as crianças antes de colocá-las para dormir.

Capim-limão

Perfeito para deixar a mente mais serena e o sono mais fácil. Quando utilizado com frequência, ajuda na redução dos gases e estimula os reflexos do corpo. Tem componentes que combatem bactérias e, assim, auxilia no tratamento de resfriados, gripes e problemas respiratórios, além de ajudar a evitar o desenvolvimento dos mesmos.

Quando o clima estiver seco e/ou quente, o óleo essencial de capim-limão permite que o ambiente fique mais fresco e agradável para todos.

As mamães também podem aproveitar bastante os efeitos desse óleo essencial, porque o aroma estimula a produção de leite e a imunidade das crianças. 

Lavanda

O efeito calmante natural desse óleo é sempre certeiro. Seja adulto ou criança, todas as idades podem aproveitar a sensação de paz transmitida pela fragrância.

Antes de colocar as crianças para dormir, borrife a lavanda no ar e comece a prepará-las para ir para a cama. O aroma permite que a comunicação fique mais fácil e, assim, o momento é ideal para conversar com as crianças. Com ele, a empatia é estimulada – as pessoas se sentem mais conectadas e confortáveis com a situação. Portanto, desenvolva um melhor relacionamento com os pequenos por meio do óleo essencial de lavanda.

Tangerina

Não tem como falar do óleo essencial de tangerina sem abordar sua ação positiva no humor. Sabe quando a irritação pega as pessoas e até mesmo as crianças sentem o efeito negativo dessa emoção? Então, utilize o aroma fresco da tangerina e você mandará o mau humor para longe da sua casa.

Além disso, ela ajuda na clareza dos pensamentos e na dissipação do estresse , combate a insônia , favorece a respiração e deixa as noites de sono mais profundas e revigorantes.

LEIA TAMBÉM:

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
publicidade

MULHER

Mau hálito de máscara? Saiba como evitar e combater o problema

Publicado


source

Alto Astral

undefined
Reprodução: Alto Astral

Mau hálito de máscara? Saiba como evitar e combater o problema

O uso de máscara se tornou indispensável no contexto da pandemia, sendo uma das principais medidas de proteção contra o coronavírus. Mas será que ela é capaz de provocar mau hálito ? De acordo com estudos da Faculdade de Odontologia Universidade de São Paulo (FOUSP), a resposta é não! Entretanto, seu uso prolongado pode tornar os odores mais intensos e perceptíveis – já que o ar que respiramos fica majoritariamente contido dentro do acessório.

A halitose é um problema muito comum, que pode ter diversas causas, sejam bucais, respiratórias ou digestivas. Sendo assim, o primeiro passo contra o “bafo” é procurar um dentista para resolver a questão. Mas também existem algumas dicas do dia a dia para evitar que isso aconteça, especialmente usando máscara. Confira!

10 dicas para evitar o mau hálito com o uso de máscara

1. Ingira líquidos ao longo do dia, com frequência, para manter a boca úmida e afastar o mau hálito. Muito além de prevenir a halitose, manter-se hidratada é ainda mais importante para uma saúde fortalecida em tempos de Covid-19.

2. Mastigue bem os alimentos .

3. Evite jejuns prolongados.

4. Reduza o consumo de alimentos gordurosos, condimentados ou muito salgados. Antes de colocar a máscara, alho e cebola também devem ser evitados.

5. Não se esqueça de escovar os dentes após as refeições principais. A recomendação contra o mau hálito é utilizar o fio dental diariamente e higienizar a língua com limpadores específicos.

6. Dê preferência para o uso de enxaguantes bucais sem álcool ou conforme a orientação do seu dentista.

7. Visite o dentista periodicamente, não apenas quando estiver com dores ou mau hálito.

8. Não fume .

9. Procure respirar pelo nariz.

10. Use medicamentos apenas sob orientação médica ou do cirurgião-dentista.

É importante destacar que a halitose pode ser apenas um indício de algum problema de saúde mais sério, como de estômago, por exemplo. Se o mau hálito persistir , procure um médico!

Consultoria: Maria Cecília Azevedo de Aguiar, odontologista e membro do conselho da Associação Brasileira de Halitose – ABHA; Daiane Lima de Oliveira Rocha, odontologista e membro do conselho da Associação Brasileira de Halitose – ABHA | Edição: Milena Garcia e Renata Rocha

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana