MULHER

30 segredos para atrair a felicidade

Publicados

em


source
30 segredos para atrair a felicidade
Redação João Bidu

30 segredos para atrair a felicidade

Quem não deseja ser feliz? Mas, quase todos nós, pensamos em felicidade como uma meta a ser alcançada. Será que isso é mesmo assim? Afinal, felicidade é um sentimento e, por isso mesmo, uma sensação momentânea. O que torna muito mais fácil atrair a felicidade para a nossa vida com pequenas atitudes e, assim, aumentar os momentos de alegria e satisfação pelo que somos e o que temos. 

JÁ CONFERIU O SEU HORÓSCOPO HOJE? NÃO?! DESCUBRA TUDO O QUE PODE ROLAR NO SEU DIA E AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO, AGORA!

Veja, a seguir, 30 segredinhos para atrair a felicidade:

1. Priorize a felicidade. Se mentalizar o desejo de ser feliz, passará a levar a vida de modo mais leve e descontraído, tornando seus dias melhores.

2. Pare de reclamar da vida e mexa-se!  Ficar de braços cruzados esperando que algo inédito aconteça não vai levar a nada. Corra atrás de seus objetivos, sem deixar-se abalar.

3. Seja uma pessoa solidária e generosa. Na maioria das vezes, quem mais ganha em ajudar os outros é você mesmo(a).

4. Dê bons exemplos para que as pessoas à sua volta se sintam à vontade para fazerem o mesmo. É semeando a fraternidade que se colhe a bondade.

5. Deixe um mundo melhor para seus descendentes. Não adianta parar de usar sacolas plásticas e continuar jogando papel de bala na rua, usando água e energia indiscriminadamente… Pense nisso!

6. Sinta gratidão por tudo o que tiver : sua família, seu trabalho, sua casa e até mesmo pela barriguinha fora de forma e os cabelos brancos. Tem muita gente por aí com grandes problemas, mas que ainda assim são felizes.

7. Cuide de seus pés. Uma vez por semana, encha uma bacia com água quente e pingue algumas gotas de óleo essencial de lavanda ou alfazema, que ajudam a relaxar. 

8. Saboreie mais os alimentos . Tudo bem que o seu dia a dia é corrido, mas na hora da refeição mastigue devagar, sentindo a textura e o gosto da comida, como no mindful eating . Além de melhorar a digestão, agrada ao paladar!

9. Inove na cama . Estudos mostram que um sexo de boa qualidade faz bem à saúde. Então, dê asas aos seus desejos e libere toda a criatividade que existe no seu signo e aproveite a transa

10. Doar roupas , sapatos e utensílios usados é bom, mas não precisa se restringir a eles. Doar sorrisos, abraços e atitudes carinhosas também fazem bem à alma.

11. Ouvir nossas músicas preferidas nos deixa mais felizes . Portanto, ligue o som e não tenha medo, inclusive, de soltar a voz para cantá-las.

12. Saiba dizer e receber um “obrigado” . Retribua com um sorriso no rosto.

13. Separe os objetos recicláveis de seu lixo . Assim estará contribuindo com o meio ambiente. Também é possível reciclar roupas. Exemplo: transforme a calça velha e fora da moda em um shorts ou bermuda.

14. Durma bem . Pesquisas mostram que uma noite bem-dormida é capaz de melhorar o raciocínio na resolução de problemas e dar mais criatividade. Se tiver dificuldade para pegar no sono, utilize técnicas de meditação para dormir

15. Para ter ótimas noites de sono , vire o seu colchão mensalmente e troque o seu travesseiro uma vez por ano. Também é recomendado evitar café e exercícios físicos intensos após as 18h. Se for comer algo mais pesado, dê uma pausa de pelo menos duas horas antes de dormir.

16. Tirar um cochilo no meio da tarde ajuda a recarregar as energias.

Leia Também

17. Cuide mais de seu corpo . É ele quem leva você a todos os lugares e lhe garante saúde para viver bem.

18. Estudos comprovaram que a proximidade com a natureza faz bem para a saúde . Deixe um espacinho em sua casa reservado para um jardim ou, pelo menos, um belo vaso de flores .

19. Uma roupa ou um sapato novo pode trazer grandes benefícios para sua autoestima. Presenteie-se de vez em quando !

20. Aprecie o nascer ou o pôr do sol e curta a sensação de liberdade que isso pode proporcionar.

21. Aprenda a fazer algo novo . Pode ser uma dança, uma língua estrangeira, um artesanato…

22. Ouça os mais velhos . Eles têm histórias interessantíssimas a contar, que nos fazem aprender muitas experiências de vida.

23. Brinque com as crianças . Elas esbanjam energia e vitalidade e você pode se beneficiar com isso.

24. Não se prenda ao passado . Esqueça o que lhe trouxe tristeza e viva o presente, que é o único momento em que se pode fazer alguma coisa. Afinal, o passado já foi e o futuro ainda não chegou.

25. Beba água . Os nutricionistas recomendam dois litros desse líquido por dia para hidratar o corpo e contribuir para o bom funcionamento do intestino. 

26. Aprenda com seus erros . Eles ensinam o que você não deve repetir, como comer demais até se sentir fatigado ou magoar alguém que ama.

27. Veja fotos antigas . Elas registram os bons momentos de sua vida. Também é importante manter esse hábito, pois, no futuro, você olhará para elas com o mesmo carinho de hoje.

28. Permita-se comer um doce de vez em quando , até mesmo durante a dieta. Quando consumido sem exageros, o chocolate amargo, por exemplo, é um grande aliado do bom humor.

29. Pense mais antes de criticar as pessoas . Afinal, você também tem defeitos.

30. Valorize-se . Não acredite que é um patinho feio ou que o mundo está dando as costas para você. Se alguém não está ao seu lado, é porque não merece a sua atenção.

Quer saber mais sobre as energias que nos esperam em 2022? Confira as Previsões 2022 e dicas de simpatias para começar o ano novo com o pé direito para uma nova fase em um novo ciclo.

LEIA TAMBÉM

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

MULHER

Entrega voluntária para adoção é direito da mulher

Publicados

em

source
Adoção: mulher tem direito a realizar o procedimento de maneira sigilosa
Getty Images

Adoção: mulher tem direito a realizar o procedimento de maneira sigilosa

A atriz Klara Castanho, de 21 anos, relatou em suas redes sociais que buscou o processo de entrega voluntária de um bebê à adoção após descobrir uma gravidez em estágio avançado, fruto de um estupro. A prática de entregar a criança aos cuidados de outra família, diante de um processo comandado por uma Vara da Infância e Juventude, é uma prática prevista e assegurada pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A mãe que opta por esse procedimento tem direito, inclusive, ao sigilo do caso garantido.

O juiz da Vara da Infância e Juventude, Iberê Dias, explicou que não há qualquer penalização direcionada a essa mãe.

— É um direito da mulher. Pode acontecer de maneira sigilosa se a mulher desejar e a entrega deve ocorrer sem constrangimentos para ela, tudo isso está no ECA. — diz Iberê Dias. — Pode acontecer de diversas formas, a mulher pode ir à maternidade e, ao relatar o desejo de entregar a criança, ela deve ser respaldada pelo sistema de saúde. Neste processo, ela deve ser ouvida por uma psicóloga para compreender se essa vontade ocorre em estado consciente, ou se ela não está passando, por exemplo, por uma depressão após o parto.

O juiz explica que após essa escuta junto ao psicólogo, o caso é encaminhado à Vara da Infância e juventude onde a mãe biológica passará por uma audiência, para que sua vontade de encaminhar a criança à adoção seja reiterada e seus direitos ouvidos.

— Não raro, em casos que a mulher inicia o processo ainda na gestação, a criança já é encaminhada para outra família assim que nasce. O recém-nascido sai da maternidade direto para a casa da família adotante — afirma Iberê.

Apesar de ser possível pedir uma recomendação de algum advogado para o procedimento, a presença desse especialista não é um pré-requisito. A mulher, inclusive, pode manifestar sua vontade de entregar a criança à adoção em diversos equipamentos públicos de atendimento, caso das Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

Não é preciso, é importante dizer, que a gravidez seja fruto de um episódio de violência, como no caso de Klara. Qualquer mulher sob as mais diversas circunstâncias poderá entregar o filho à adoção.

O sigilo é imposto desde que haja a vontade da mãe. Uma vez sigiloso, o processo, porém, poderá ser acessado por essa criança adotada no futuro. Isso porque o direito à busca das heranças biológicas é permitido a qualquer tempo de vida, mesmo antes da maioridade. Caso não exista esse desejo de sigilo manifestado, é possível que alguém da família do menino ou menina seja contactada para que se saiba se há interesse e condições de assumir os cuidados da criança.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana