GERAL

26ª Bienal Internacional do Livro começa hoje em São Paulo

Publicados

em

A 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo terá início neste sábado (2), em São Paulo. O evento, um dos maiores da América Latina, segue até dia 10 de julho, homenageando a literatura portuguesa.

Com presenças confirmadas do escritor português Valter Hugo Mãe e da primeira autora africana ganhadora do Prêmio Camões, Paulina Chiziane, a bienal ainda trará outros 21 autores de países de língua portuguesa.

Atrações

A previsão é de que mais de 500 mil pessoas passem pelos oito dias da promoção, que contará com 150 expositores, obras de 300 autores nacionais e internacionais, 500 atrações, oito espaços culturais e 1.300 horas de programação cultural. Outro destaque da promoção, realizada no Expo Center Norte, será um espaço em homenagem à literatura de cordel e do repente.

A bienal funcionará das 9h às 22h e os ingressos custam R$ 30 a inteira e R$ 15. Para comprar antecipadamente basta acessar o site, onde também é possível consultar a programação completa.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Propaganda

GERAL

MP denuncia por maus-tratos dona de asilo no Rio

Publicados

em

O Ministério Público do Rio de Janeiro, denunciou a empresária Vanessa da Silva Ferro de Souza, proprietária e administradora da casa de repouso para idosos, em Guaratiba, zona oeste do Rio, por maus-tratos que levaram a óbito um dos pacientes da instituição. A denúncia foi feita em abril, mas só foi divulgada hoje (9). 

No domingo (7), a Polícia Civil prendeu em flagrante Vanessa e dois funcionários, pelos crimes de maus-tratos, tortura, sequestro e cárcere privado e fechou a casa de repouso.

A denúncia, ajuizada junto à 40ª Vara Criminal da Capital, relata que, entre os meses de janeiro e maio de 2015, Vanessa colocou em perigo a vida e a saúde de Jorge Luis dos Santos Azeredo, um idoso que estava internado no asilo após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). A casa de repouso privou o idoso do tratamento necessário para sua recuperação, tendo deixado de administrar alimentação e hidratação adequada à vítima, que foi internada por sua filha.

Devido à falta de cuidados adequados, o idoso desenvolveu escaras ou úlceras de pressão pela falta de irrigação sanguínea em pacientes acamados, causadas pela falta de movimentação, higiene e alimentação adequadas.

No dia 5 de abril de 2015, a filha encontrou Jorge Luis com o corpo coberto de escaras, sem roupas e sujo de fezes. Levado ao Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz, na zona oeste da cidade, com quadro de desnutrição, desidratação e pneumonia, Jorge desenvolveu um quadro de infecção generalizada e morreu. 

Vanessa foi denunciada com base no Artigo 136, parágrafo 2º, do Código Penal, que prevê prisão de quatro a 12 anos.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana