mato grosso

1º Batalhão lança ‘Operação Novo Centenário’ para comemorar aniversário

Publicado


.

Nesta quarta-feira (03.06), as 9h, o 1º Batalhão de Polícia Militar de Cuiabá, sediado no bairro do Porto, lança a ‘Operação Novo Centenário’. Essa ação é parte das celebrações de aniversário da unidade militar que completou 103 anos de atuação nesta terça-feira (02).

De acordo com o comandante do 1º Batalhão, tenente-coronel Marco Antônio Guimarães, a proposta dessa operação e levar mais sensação de segurança aos moradores dos mais de 30 bairros que estão em sua área de jurisdição, atendidos por três Companhias: Lixeira, Beira Rio e Boa Esperança.  

Para isso, explica Guimarães, os policiais vão reforçar as abordagens, revistas e checagens da documentação pessoal e de veículos, além de fiscalizar possíveis aglomerações, o uso obrigatório de máscaras nas ruas e no comércio, entre outras medidas de prevenção e repressão a criminalidade.

O lançamento será as 9h no pátio central do Batalhão, na Avenida 15 de Novembro, no bairro Porto.

História

O 1º BPM é uma unidade do 1º Comando Regional de Polícia Militar. O Decreto estadual de número 8, de junho de 1917, o mesmo que reorganizou e denominou a polícia local de “Força Pública” e instituiu o Comando-Geral, criou os dois primeiros batalhões do Estado, o 1º, com sede em Cuiabá, e o 2º, em Campo Grande, hoje capital de Mato Grosso do Sul.

O nome “Batalhão Queiroz” é uma homenagem ao policial Daniel Queiroz, um carioca nascido em 1891 que atuou por mais de 40 anos na Polícia Militar de Mato Grosso, inclusive no 1º BPM, onde chegou ao posto de comandante.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

mato grosso

Governador anuncia aos servidores a correção monetária sobre salários escalonados

Publicado


O Governo de Mato Grosso vai pagar aos servidores estaduais (ativos e inativos) a correção monetária sobre os salários que foram pagos de forma escalonada.

O anúncio foi feito pelo governador Mauro Mendes nesta terça-feira (27.10), após reunião com os secretários Rogério Gallo (Fazenda) e Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão).

A correção será paga de uma só vez a todos os servidores que têm o direito na folha de novembro, junto com a folha de pagamento.

“Infelizmente o Estado de Mato Grosso, nos últimos anos, atrasou salários e em alguns meses pagou de forma parcelada. E a legislação estadual diz claramente que quando o Estado paga além do dia 10, o servidor tem direito à correção monetária. Graças ao nosso trabalho e dos nossos servidores, conseguimos consertar o Estado e isso nos permitiu pagar este direito”, afirmou o governador.

Os valores são correspondentes a pagamentos atrasados e/ou escalonados no período de agosto de 2017 a outubro de 2019, incluindo o 13° do período.

A correção será feita pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

De acordo com o secretário da Seplag, Basílio Bezerra, o Governo tem envidado todos os esforços para corrigir distorções ocorridas no passado relativas aos servidores públicos. “Esse pagamento é justo e representa a valorização e respeito aos servidores públicos estaduais”, ressaltou.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana