Alegria e confraternização marcam a 14ª edição do Arte e Cultura em Ação

A 14ª edição do evento aconteceu no auditório da Diretoria Geral da Polícia Civil, em Cuiabá, reunindo servidores e familiares, como revelações de aptidões musicais, artesanato, culinárias e desenhos a lápis.

Da Redação

PJC | MT

Policia civil cultura confraternizacao

Alegria e confraternização marcam a 14ª edição do Arte e Cultura em Ação

A Polícia Judiciária Civil realizou na tarde de sexta-feira (13.12), a tradicional comemoração do projeto “Arte e Cultura em ação: revelando talentos”. O evento completa em 2019 a sua 14ª edição, e a cada ano revela talentos de novos servidores, os quais já se dedicam ao trabalho policial.

 

A 14ª edição do evento aconteceu no auditório da Diretoria Geral da Polícia Civil, em Cuiabá, reunindo servidores e familiares, como revelações de aptidões musicais, artesanato, culinárias e desenhos a lápis. 

 

Durante a abertura, a diretora de Execução Estratégica, Daniela Silveira Maidel, falou do momento de alegria, o qual intitulou de o “Nosso Natal”, uma vez que o ano inteiro é repleto de tarefas, compromissos, sendo no “Arte cultura em ação” o momento em que nossos profissionais se unem para celebrar.

“Em nome da Diretoria Geral parabenizo todos os envolvimentos neste brilhante evento, em especial a equipe da Gerência de Aplicação, Desenvolvimento, Saúde e Segurança (Gadss), pelo esforço em promover a 14ª edição desse projeto cultural que visa proporcionar momentos de integração e confraternização”, enalteceu a diretora Daniela Silveira Maidel.

Iniciando as atrações, o Coral Vozes da Polícia Civil contagiou os presentes com suas canções. Em seguida, foi o momento das apresentações musicais cantadas ao vivo, que animaram a plateia.

 

O delegado geral, Mario Dermeval Aravechia de Resende, foi contagiado pela alegria do evento e subiu ao palco para “dar uma palhinha”, cantando uma música para os presentes. Além do show apresentado pelos artistas da música, o evento também contou os servidores que expuseram os seus trabalhos.

Expondo pela primeira vez no evento, a servidora Gabriela Costa, lotada na Coordenadoria de Gestão de Pessoas, falou da alegria em participar do projeto podendo divulgar os dotes culinários. “Faço doces gourmet como fonte de renda extra e agora para divulgar esse trabalho para todos os meus colegas de serviço”, disse ela.

 

A esposa do policial civil Benedito Monserat, Irene Marques do Nascimento Almeida, destacou a oportunidade de mostrar os seus produtos, além de expandir o seu negócio. “Esse tipo de espaço é muito importante para nós, pequenos empreendedores, pois com esse apoio conseguimos propagar nosso trabalho”, destacou Irene.

 

Na ocasião, houve sorteios de brindes e lembranças para os convidados, que encerraram o evento que busca a qualidade de vida, contagiados pela alegria e confraternização de final de ano.

 


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br