Prefeito e secretário de Poconé são multados por quatro irregularidades

No voto do conselheiro relator, foi determinado à atual gestão da Prefeitura Municipal de Poconé que atenda formalmente, mediante prazos pré-fixados, as solicitações do Auditor Público Interno da referida Prefeitura

Da Redação

Prefeitura de poconé

Atail Marques do Amaral prefeito pocone

Prefeito de Poconé, Atail Marques do Amaral

Multado pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso, em 34 UPFs, o prefeito de Poconé, Atail Marques do Amaral, em razão de quatro irregualridades constatadas em Represetnação de Natureza Externa.

 

As multas foram aplicadas em decorrência da ausência de sistema de controle de aquisição, entrada, saída e estoque de materiais do almoxarifado (6 UPFs); ausência de justificativa plausível para a não prestação das contas (6 UPFs); despesas realizadas no exercício de 2018 com as empresas Grafitte Comércio e Representações Ltda EPP e Lillioana Fabrícia Fontes da Silva ME (11 UPFs) e por sonegação de informações ao auditor público interno (11 UPFs).

 

O secretário municipal de Finanças, Acy Nunes de Siqueira, também foi multado em 22 UPFs em função das despesas realizadas no exercício de 2018 com as empresas Grafitte Comércio e Representações Ltda EPP e Lillioana Fabrícia Fontes da Silva ME (11 UPFs) e por sonegação de informações ao auditor público interno (11 UPFs). O Julgamento da RNE (Processo nº 260991/2018) ocorreu na sessão ordinária da 2ª Câmara do Tribunal de Contas de Mato Grosso, realizada na quarta-feira (09/10). Por unanimidade, os membros acompanharam voto do relator, conselheiro interino João Batista Camargo, pela aplicação de multas e determinação.

 

No voto do conselheiro relator, foi determinado à atual gestão da Prefeitura Municipal de Poconé que atenda formalmente, mediante prazos pré-fixados, as solicitações do Auditor Público Interno da referida Prefeitura, nos termos da Resolução Normativa n.º 33/2012 – TCE/MT.

 


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br