Qualifica 300 é destaque em painel da mulher do Encontro Nacional de Prefeitos

O 2º Encontro Nacional de Prefeitos foi realizado pela Associação dos Prefeitos do Estado de São Paulo (Apreespe)

Ruan Cunha

Da Assessoria

Qualifica 300 é destaque em painel da mulher do Encontro Nacional de Prefeitos

Qualifica 300 é destaque em painel da mulher do Encontro Nacional de Prefeitos

O programa Qualifica Cuiabá 300 anos foi destaque do painel da mulher do 2º Encontro Nacional de Prefeitos, realizado pela Associação dos Prefeitos do Estado de São Paulo (Apreespe) entre os dias 30 de setembro e 02 de outubro, no Memorial da América Latina, em São Paulo.   

 

A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, foi convidada para apresentar as políticas públicas municipais da Capital referente ao combate à violência doméstica e o empoderamento feminino no intuito de promover a igualdade de gênero.    

 

O programa que visa levar qualificação profissional, de forma gratuita, diretamente às comunidades mais carentes da Capital tem se consolidado como a maior política pública do Município voltada à mulher. 

 

“Quando vemos cases de sucessos de mulheres que saíram do Qualifica 300 e estão empreendendo e gerando renda familiar, é a certeza que estamos combatendo à violência doméstica e tirando do ciclo da violência aquelas mulheres que dependendo de seus maridos e se submetem a determinadas situações como violência física, verbal, psicológicas e entre outras”, explicou a primeira-dama Márcia Pinheiro.  

 

Em Cuiabá, mais de 3 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica no ano passado e, conforme estudos apontam, uma a cada quatro violentadas dependem financeiramente ou de alguma forma de seus conjugues.  

 

A fortificação dos municípios no desenvolvimento independente de ações e políticas no enfrentamento da violência doméstica e familiar é uma das principais metas do Governo Federal que vem trabalhando para promover essa emancipação das instituições acerca das políticas públicas de igualdade de gênero.                                                                                             

“91% dos municípios no Brasil ainda não possuem delegacias especializadas. Então, nós viemos caminhando nessa direção de fortificar as ações nos municípios e ver projetos como estes apresentados aqui, só nos faz crer que estamos caminhando para uma direção e que é sim possível erradicar à violência doméstica. Isso é mais Brasil e menos Brasília que o Governo Federal defende”, destacou a ministra da Mulher, da Família e dos Diretos Humanos, Damares Alves.   

 

Durante o painel, programas semelhantes ao Qualifica 300 foram apresentados como ações de combate à violência doméstica como o caso do município de Mauá, região Metropolitana de São Paulo, que faz parceria com empresas multinacionais e encaminha mulheres vítimas de violência para postos de trabalho, após qualificação prévia.

 


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br