Orla do Rio Cuiabá tem recursos viabilizados por deputado e senadores de Mato Grosso

As obras fazem parte do Projeto Porto Cuiabá, que pretende revitalizar a região, é uma iniciativa da prefeitura abraçada por toda a bancada mato-grossense no Congresso Nacional. O objetivo principal é trazer um novo conceito cultural e turístico.

Tainã Matos

Reprodução

Cais do porto em cuiaba projeto

Projeto do Cais do Porto de Cuiabá

O deputado Emanuel Pinheiro Neto (PTB-MT) em conjunto com os senadores Wellington Fagundes (PL-MT) e Jayme Campos (DEM-MT) firmou dois convênios junto ao Ministério do Turismo que liberaram recursos para o término das obras de ampliação da Orla do Rio Cuiabá, na região do Porto, na capital cuiabana.

 

As obras fazem parte do Projeto Porto Cuiabá, que pretende revitalizar a região, é uma iniciativa da prefeitura abraçada por toda a bancada mato-grossense no Congresso Nacional. O objetivo principal é trazer um novo conceito cultural e turístico para a capital.

Alanna Jessika

Emanuel Pinheiro Neto

Deputado Federal, Emanuel Pinheiro Neto

“Esses novos recursos irão contribuir com os projetos de reforma que pretendem transformar um dos principais pontos da cidade em grandes complexos contemplativos e participativos, com a presença de espaços culturais para exposições, apresentações e mostras artísticas”, disse o deputado.

 

Segundo Emanuel Pinheiro Neto, a revitalização atrairá turistas e moradores de volta à região da Orla do Porto. “A possibilidade de eventos e comércio estimulará a economia local e acredito que tudo isso contribuirá para o desenvolvimento para a nossa cidade”, completou.

 

O secretário-adjunto de Governo de Cuiabá, Lincoln Sardinha, concorda que a revitalização da região considerada uma das mais importantes de Cuiabá é de extrema importância para o desenvolvimento local.

 

“Esse é um projeto de urbanização do prefeito Emanuel Pinheiro e faz parte do nosso projeto de governo. A requalificação da Orla do Rio Cuiabá no Bairro Porto incrementará o potencial turístico dessa região histórica da cidade, o que contribuirá para o aumento do tempo de permanência do turista em Cuiabá e contribuirá também com o aumento da renda da população cuiabana”, explicou.

 

A previsão é que as obras sejam entregues em junho 2020.

 


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br