A cidade brasileira onde o sol nasce primeiro comemora aniversário

Palco de praias deslumbrantes e conhecida como ‘a cidade brasileira onde o sol nasce primeiro’, a capital paraibana alia variados atrativos culturais e naturais

André Martins

Marlene Renck

Praia de Jampa - João Pessoa PB

Praia de Jampa - João Pessoa PB

Uma grande agenda de eventos marca o aniversário de João Pessoa, um dos principais destinos de sol e mar da Região Nordeste, que completa 434 anos nesta segunda-feira (5). A celebração inclui a tradicional Festa das Neves, cuja abertura, na noite deste domingo, levou uma multidão ao Ponto de Cem Réis, no Centro da cidade. Houve shows como do Padre Nilson Nunes, e a programação segue nesta segunda, com apresentações do cantor Fagner e de outros artistas.

 

A festa é uma referência ao Dia de Nossa Senhora das Neves (5/8), padroeira da Paraíba e de sua capital. Além disso, desde o último sábado, o Centro Cultural Casa da Pólvora, situado na Ladeira São Francisco, exibe exposições de esculturas e fotografias alusivas à data. As mostras, abertas ao público gratuitamente até 2 de setembro, reúnem peças em miniaturas do artista plástico Maurício Germano e um acervo de imagens de Walfredo Rodriguez, considerado o pai do cinema local.

 

Os trabalhos integram a programação do AnimaCentro, projeto da Fundação Cultural da Prefeitura Municipal que oferece espetáculos de dança, teatro e música, a fim de valorizar espaços históricos revitalizados. Localizada no extremo leste das Américas, o que a torna a cidade brasileira onde o sol nasce primeiro, João Pessoa alia atrativos culturais e naturais. Destaque para famosas praias, como Tambaú, Cabo Branco e Jacaré, sendo que nesta última o pôr do sol constitui uma das principais atrações da cidade.

 

Os visitantes de João Pessoa também podem curtir as belezas de seu Centro Histórico, adornado por casarões antigos, monumentos e igrejas centenárias. Na região, é possível fazer roteiros pelas cidades Alta e Baixa, percorrendo locais como o Hotel Globo, a Estação Ferroviária, a Praça João Pessoa, o Pavilhão do Chá e o Teatro Santa Roza, de 1889. Já o Centro Cultural São Francisco, construído em 1589, é considerado um dos maiores complexos barrocos do Brasil, dotado de igreja, capelas, claustro e convento.

 

INCENTIVOS

 

No dia 10 de junho deste ano, o Ministério do Turismo realizou na capital paraibana o terceiro seminário itinerante do Investe Turismo. O programa, organizado pelo órgão em parceria com o Sebrae Nacional, a Embratur e as secretarias estaduais de Turismo, busca elevar a qualidade de serviços do setor, incentivando a competitividade e a consequente geração de empregos no ramo. Na Paraíba, a iniciativa contempla inicialmente João Pessoa e os municípios de Conde e Cabedelo.

 


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br