Câmara de Cuiabá comemora centenário do IHGMT

Proposta em conjunto pelos vereadores Toninho de Souza (PSD) e Luis Claudio (PP), a homenagem vai reunir escritores, historiadores e a comunidade acadêmica de Mato Grosso

Rui Matos | Portal Mato Grosso

Divulgaçção

Toninho de Souza

Elizabeth Madureira: “Estamos à disposição da sociedade, da rede de ensino, das universidades e daqueles que são apaixonados pelos saberes”

Os 100 anos do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso (IHGMT) serão comemorados nesta quarta-feira (15), às 09h, em sessão especial na Câmara de Vereadores de Cuiabá. De autoria dos vereadores Luiz Claudio (Progressista) e Toninho de Souza (PSD), a homenagem consolida a relevância da mais antiga e tradicional entidade de fomento da pesquisa e preservação histórico-geográfica, cultural e de ciências sociais no estado. O evento vai reunir membros do IHGMT, da Academia Mato-Grossense de Letras (AML) e da comunidade acadêmica.

 

Para Toninho de Souza, que no momento ocupa vaga de deputado estadual, o objetivo da sessão especial e reconhecer e dar publicidade ao trabalho realizado pelo Instituto, que tem importante papel na preservação da memória cultural de Mato Grosso. “Atualmente, a instituição é dona de um dos maiores acervos abertos a pesquisa. A sociedade precisa saber disso e a comunidade escolar necessita transformá-lo em extensão da sala de aula”, salienta o parlamentar.

"Dom Aquino Correa conseguiu criar uma sociedade que cuidasse da nossa memória e isso precisa ser preservado. É nossa missão, enquanto parlamentar, contribuir para que esse ideal jamais desfaleça”, disse Toninho de Souza

Já Luis Claudio, que presidirá a sessão, observa que o Instituto é também o guardião da história viva de Mato Grosso.  “Entre seus membros está um grupo eclético de profissionais que atuam em diversas áreas. São escritores, professores, poetas, historiadores, paleontólogos, geólogos e jornalistas”. O vereador destaca que o IHGMT sempre esteve na vanguarda da coleta e publicações relevantes para a história regional. “É o que há de melhor e mais completo acervo das relíquias da memória do estado”.

Assessoria

Luis Claudio vereador

“A sociedade precisa saber disso e a comunidade escolar necessita transformá-lo em extensão da sala de aula”, diz Toninho de Souza

A instituição que completou 100 anos é presidida pela historiadora, professora e escritora Elizabeth Madureira Siqueira. Ela diz que, ao longo dos seus 100 anos de existência, a instituição tem oferecido expressiva contribuição, seja por ter acumulado um acervo bibliográfico e documental de extrema relevância, ou por terem seus associados pesquisado e publicado textos e obras referentes a Mato Grosso de relevante valor. “Estamos à disposição da sociedade, da rede de ensino, das universidades e daqueles que são apaixonados pelos saberes”, concluiu Elizabeth.

Cem anos se passaram e os ideais propostos por Dom Francisco de Aquino Corrêa continuam fortalecidos no Instituto Histórico”, conta Luis Claudio

Uma das ferramentas de interação do IHGMT com a sociedade é o seu site oficial (www.ihgmt.com.br), que proporciona uma vasta pesquisa online. Estão disponíveis registros, atas, documentos, livros, fotos e vídeos. Trata-se de uma ferramenta essencial para pesquisadores interessados na história de Mato Grosso e de seus personagens. Muitos desses acervos foram doados por famílias de intelectuais falecidos, membros do Instituto e por pessoas anônimas.

Assessoria

Luis Claudio vereador

Luis Claudio: “O Instituto Histórico sempre esteve na vanguarda da coleta e publicações relevantes para a história regional”

“Nessa sessão especial vamos recontar essa história que começou em 1º de janeiro de 1919 com a sua criação e consolidou-se em 8 de abril do mesmo ano com a sua instalação. Cem anos se passaram e os ideais propostos por Dom Francisco de Aquino Corrêa continuam fortalecidos no Instituto Histórico”, conta Luis Claudio. Para Toninho de Souza, Dom Aquino conseguiu criar uma sociedade que cuidasse da nossa memória e isso precisa ser preservado. “É nossa missão, enquanto parlamentar, contribuir para que esse ideal jamais desfaleça”.

 

Membros efetivos do IHGMT

 

Benedito Pedro Dorileo, Benedito Pereira do Nascimento, Elizabeth Madureira de Siqueira, Nilza de Queiroz Freire, Suíse Monteiro León Bordest, Sônia Regina Romancini, Tereza Cristina Cardoso de Souza-Higa, Isis Catarina Martins Brandão, Anna Maria Ribeiro Fernandes Moreira da Costa, Onélia Carmem Rossetto, Nileide Souza Dourado, Vinicius de Carvalho Araújo, Fernando Tadeu de Miranda Borges, Miramy Macedo, Neurozito Figueiredo Barbosa, Eduardo Mahon, Flávio Gatti, Francisco Ildefonso da Silva Campos, Neila Maria de Souza Barreto, Oriana Paes de Barros, Renilson Rosa Ribeiro, Allan Kardec Pinto Acosta Benitiz, Cristiane Thais do Amaral Cerzósimo Gomes, Felipe Rodolfo de Carvalho e Zuleika Alves de Arruda.


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br