E você, já quis se parecer com alguém?

Dr. Michel Patrick do Amaral Silva

Dr. Michel Patrick do Amaral Silva

Dr. Michel Patrick do Amaral Silva

Essa característica de se comparar com alguém e até mesmo querer sê-lo, faz parte de uma patologia maior, que tem um nome bem pomposo, é o transtorno dismórfico corporal (TDC), originalmente chamado de dismorfofobia.

 

A origem da palavra dismorfofobia vem do grego que significa feiura. A primeira menção ao termo remota do texto de Herodotus, da mitologia de Esparta, onde as garotas consideradas feias eram levadas ao templo, diariamente, pelos familiares para se livrarem da sua falta de beleza e atrativos.

 

Pessoas com dismoforfobia tendem a considerar pequenos problemas físicos, ou mesmo defeitos ilusórios, de forma excessiva, tornando-os fonte de sofrimentos que podem atrapalhar a saúde, a socialização e a vida profissional do mesmo.

 

O diagnóstico pode ser feito através da consulta onde estes se apresentam ansiosos, perfeccionistas, estressados, introspectivos, ficam se comparando a outras pessoas, relatam se olhar no espelho várias vezes ao dia, gostam de ler tudo a respeito do que consideram um problema para eles e, geralmente, não concordam com a avaliação dos amigos, familiares e muita das vezes, do próprio médico especialista, a respeito do daquilo que os angustiam.

 

Não é de se estranhar que esses indivíduos que não forem corretamente diagnosticados no pré-operatório vão na maioria das vezes ficar insatisfeitos com os resultados, sejam estes, muito bons, ou com pequenas imperfeições. Levando frequentemente o indivíduo a vários procedimentos cirúrgicos sem sucesso.

 

Daí a importância do diagnóstico e tratamento adequado com medicações e psicoterapia comportamental. Neste contexto são importantes os profissionais da psiquiatria e psicologia.

 

Dr. Michel Patrick do Amaral Silva post 2

Quanto a mim, eu até achei que fiquem bem parecido com o ator Jason Momoa, mas se ele perdesse um pouquinho mais de massa magra ficaria bem mais semelhante a mim, vejam bem, se ele perdesse, porque eu, no que depender de mim, não vou mudar nada para se parecer com alguém! Beijos de luz!

 

 

Dr. Michel Patrick do Amaral Silva é Cirurgião Plástico - CRM 4414 RQE 2714 - Graduação pela Faculdade de Medicina Universidade Federal de Mato Grosso - Residência em Cirurgia Geral pelo Hospital Universitário Júlio Muller -UFMT - Residência em Cirurgia Plástica pelo Serviço de Cirurgia Plástica Sobrapar - Unicamp - Pós-graduação em Reconstrução Mamária pelo Hospital Pérola Byngton-SP - Pós-graduação em Dermatocosmiatria pela Faculdade de Medicina do ABC-SP - Médico Cirurgião Plástico do Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande-MT - Professor de Cirurgia Plástica da Universidade Federal de Mato Grosso - Coordenador da Liga de Cirurgia Plástica da UFMT - Título de Especialista pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), AMB (Associação Médica Brasileira) e MEC ( Ministério da Educação).

 


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br