A maior metrópole brasileira comemora 465 anos

Dia 25 de janeiro homenageia fundação da cidade que é um pacote completo de turismo, lazer e entretenimento dentro do maior centro financeiro do Brasil

Geraldo Gurgel | Vanessa Sampaio

Divulgação MTur

São Paulo e sua 'silhueta' urbana

São Paulo e sua 'silhueta' urbana

São Paulo é uma metrópole surpreendente em tudo, com a cara do Brasil, principalmente na diversidade. Além da mistura de estilos e culturas, o maior destino emissor e receptor de turistas do Brasil é também um grande centro de negócios, entretenimento e lazer. São inúmeras salas de cinema, teatros, centros culturais, museus, edifícios históricos, galerias de arte, espaços para grandes eventos e parques naturais. Seja qual for o estilo do visitante, a cidade tem muito a oferecer: conhecimento, tendências, memórias, cozinha brasileira e renomados restaurantes de gastronomia internacional, além de vida noturna agitada.

 

Mas a cidade também é pura história. O Pátio do Colégio, além de marco da fundação de São Paulo, em 25 de janeiro de 1554, pode ser o início de um passeio pelo centro histórico da capital, onde os jesuítas Manoel da Nóbrega e José de Anchieta começaram a catequizar os índios. A atual construção é uma réplica da que foi construída inicialmente e abriga o Museu Anchieta e a Igreja São José de Anchieta. A data coincide com a conversão de São Paulo ao cristianismo. O passeio merece uma pausa na Catedral da Sé, templo neogótico que é uma imersão na vida do apóstolo que deu nome à maior cidade da América Latina.

Rogério Cassimiro - MTur

Rua 25 de Março, famosa pelo comércio intenso, em São Paulo

Rua 25 de Março, famosa pelo comércio intenso, em São Paulo 

A visita segue pelo Teatro Municipal, inaugurado em 1911 com a apresentação da ópera Hamlet, que oferece visitas guiadas gratuitas. Construído nos moldes da Ópera de Paris para atender à elite paulista, o teatro foi palco da Semana de Arte Moderna de 1922, evento que mudou parâmetros na arte e na literatura brasileira. Atualmente, é palco de diversas óperas, balés e demais espetáculos de música e dança.

 

A cinco minutos dali, fica a Praça da República, outro ponto turístico importante da cidade, que abriga edifícios históricos, belas esculturas e um coreto. É ali que, aos domingos, acontece a mais tradicional feira de arte e artesanato local, reunindo centenas de barracas. É onde o turista encontra uma infinidade de objetos antigos, pequenas obras de arte, joias, bijuterias, além de deliciosos quitutes. No entorno, é possível conhecer também a Biblioteca Mário de Andrade, e os Edifícios Copan e Itália, de onde se tem bela vista da capital.

Rogério Cassimiro-Banco de Imagens MTur Destinos

Feira da Liberdade

Feira da Liberdade 

Já a Praça da Liberdade, que deu origem ao bairro oriental homônimo, ganhou as características atuais com os imigrantes japoneses, em 1912. O Bairro da Liberdade retrata a cultura e tradições orientais em ruas decoradas com lanternas, no grande pórtico (Torii), no Museu da Imigração Japonesa, lojas e restaurantes. Nos finais de semana, acontece a tradicional feira de gastronomia e arte, referência da tradição nipônica na capital paulista.

 

O roteiro da história, arquitetura e cultura da capital passa obrigatoriamente pela Avenida Paulista, um dos locais mais visitados e símbolo do “boom” econômico e da expansão de São Paulo a partir do ciclo do café e da chegada dos imigrantes. A avenida ainda tem casarões da época dos barões do café, como a Casa das Rosas. Entre os atrativos modernos na região, destaca-se o Museu de Arte de São Paulo (MASP), o mais visitado entre dezenas de museus e espaços culturais paulistanos. A avenida é também o coração financeiro e cultural da cidade, abrigando, por exemplo, o Espaço Cultural Citi, o Itaú Cultural e o Parque Trianon.

Da Assessoria

MASP - Av. Paulista

MASP - Av. Paulista 

Quem visita a capital paulista também deve incluir no roteiro o Parque Ibirapuera, um dos locais mais frequentados pelos paulistanos e turistas e um dos maiores parques urbanos do mundo, cheio de opções de lazer, esportes e passeios pelas pistas e gramados. As edificações do arquiteto Oscar Niemeyer abrigam o Auditório Ibirapuera, o pavilhão da Bienal, o Museu Afro Brasil, o Museu de Arte Moderna (MAM) e a OCA. Nas imediações, ficam o Museu de Arte Contemporânea (MAC), além do Monumento às Bandeiras e do Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32.

 

Caminhando despretensiosamente pelas ruas da cidade, dá pra conhecer ainda o Beco do Batman, galeria de grafite a céu aberto que revela a criatividade da arte urbana em São Paulo, e a Rua 25 de Março, maior centro de comércio popular e um dos principais pontos turísticos da capital. Quando se fala em luxo, é impossível não mencionar a Rua Oscar Freire, situada no charmoso bairro dos Jardins, e quando o assunto é tradição local, a dica imperdível é passar pelo Mercado Municipal e experimentar o tradicional sanduíche de mortadela.

Rogério Cassimiro-Banco de Imagens MTur Destinos

O famoso sanduíche de mortadela do Mercado Municipal de São Paulo

O famoso sanduíche de mortadela do Mercado Municipal de São Paulo

 

 


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br