Não acabou a "novela": Mauro Mendes diz que não é pré-candidato ao Governo

O ex-prefeito também disse não estar preocupado se o anúncio, de que não é pré-candidato, irá frustrar segmentos da classe política ou até mesmo da opinião pública.

Camila Ribeiro | Midia News

Edinilson Aguiar | O Livre

mauro mendes

Mauro Mendes diz que não é pré-candidato ao Governo

O ex-prefeito Mauro Mendes (DEM) negou, nesta manhã, que seja pré-candidato ao Governo do Estado.

 

Na noite de ontem (11), o deputado federal Fábio Garcia, disse que a sigla deu início à construção de uma chapa com os nomes do ex-prefeito e do ex-governador Jaime Campos.

 

Segundo Mendes, isso não quer dizer, necessariamente, que ele ou Jaime tenham assumido uma pré-candidatura. "Neste momento estou construindo a viabilidade política e estrutural desta possível candidatura. A viabilidade eleitoral já existe, mas não é o suficiente. Se existir a conjunção desses três fatores, nós poderemos tomar essa decisão, se não existir, poderemos declinar dessa possibilidade", afirmou Mauro Mendes.

 

Questionado se isso não é ser pré-candidato, Mendes disse: "Não. A partir do momento que eu disser que sou pré-candidato, será irreversível. Ou seja, não voltarei atrás e disputarei o Governo".

 

Segundo ele, é preciso prudência e responsabilidade na atual conjuntura.

 

"Não podemos entrar numa aventura. Não podemos enfrentar um processo a qualquer custo, sob pena de, em caso de vitória, não termos as condições necessárias para governar, como acontece atualmente em vários estados do país". 

 

Sem frustração

 

O ex-prefeito também disse não estar preocupado se o anúncio, de que não é pré-candidato, irá frustrar segmentos da classe política ou até mesmo da opinião pública.

 

"Com a experiência política que adquiri, estou agindo de modo prudente, sem preciptação, não antecipando o processo. Espero que esses que, eventualmente possam se frustrar, me ajudem a construir um projeto viável", disse.

 

Leia também: Acabou a “novela”; Mauro Mendes é candidato ao Governo do Estado.

 

 


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br