MPE apresenta projeto da nova sede das Promotorias de Justiça de Rondonópolis

Orçada em R$ 16.168.44,34, a previsão de conclusão da obra é de aproximadamente 36 meses. O investimento atende ao programa de desenvolvimento institucional, previsto no Planejamento Estratégico

CLÊNIA GORETH

Reprodução

Nova sede das promotorias rondonopolis mpe

Desenho arquitetônico da nova sede das Promotorias de Justiça de Rondonópolis

As obras da nova sede das Promotorias de Justiça de Rondonópolis já estão em andamento. Nesta semana, integrantes da administração superior do Ministério Público estiveram em Rondonópolis, apresentando o projeto arquitetônico aos promotores de Justiça que atuam no município, ao prefeito José Carlos do Pátio e ao presidente da Câmara, vereador Rodrigo da Zaeli.

 

Participaram da reunião, o subprocurador-geral de Justiça Jurídico e Institucional, Marcelo Ferra de Carvalho; o corregedor-geral do MP, Flávio Cezar Fachone, o chefe do Departamento de Engenharia, Celso Hugueney de Melo;  o arquiteto e urbanista, Márdio Silva Júnior, e os promotores de Justiça Ari Madeira Costa, Joana Maria Bortoni Ninis, Wagner Antônio Camilo, Jorge Paulo Damante Pereira e Rodrigo Fonseca Costa.

 

Orçada em R$ 16.168.44,34, a previsão de conclusão da obra é de aproximadamente 36 meses. O investimento atende ao programa de desenvolvimento institucional, previsto no Planejamento Estratégico, que tem como objetivo proporcionar melhores condições de atendimento ao cidadão.

     

De acordo com o projeto, a área total da obra é de 10.800 metros quadrados, sendo 6.324,13  de área construída e mais 2.742,62 de estacionamento. O seu entorno é composto por calçada, jardim, 500 metros de pista de caminhada e espaço para descanso. A empresa vencedora da licitação para a construção da obra é a Concremax Ltda.

 

No novo prédio, serão construídos 24 gabinetes para promotores de Justiça, o que  representa um aumento de 100% do que existe  na atual sede. A Promotoria possuirá três pavimentos, sendo o térreo destinado ao atendimento ao público e os superiores para realização de atividades internas. Contará, ainda, com auditório com capacidade para 156 lugares.

 

De acordo com o chefe do Departamento de Engenharia do Ministério Público, Celso Hugueney de Melo, a equipe responsável pelo projeto da nova sede, teve a preocupação em atender todas as recomendações da Associação Brasileira de Normas Técnicas, em especial a NBR 9050, que dispõe sobre acessibilidade nas edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Além de elevadores, a edificação contará com mapa, piso tátil, rampas e banheiros adaptados para pessoas com deficiência.

 

SUSTENTABILIDADE: Visando ao atendimento de práticas sustentáveis, o chefe do Departamento de Engenharia explica que o projeto da nova sede das Promotorias de Justiça de Rondonópolis contempla o aproveitamento máximo da iluminação natural, ventilação, reaproveitamento de água e geração de energia fotovoltaica.

 

Com este projeto, o MP/MT também sai na frente e inicia a implantação da cultura BIM (Building Information Modeling) no Departamento de Engenharia, onde além de controlar melhor as etapas de execução, auxiliando na coordenação tanto da empresa executora como da fiscalização, antecipa as decisões a serem tomadas nas interferências dos elementos construtivos.


Fonte: Portal Mato Grosso

Visite o website: wwww.portalmatogrosso.com.br